Foto: jacoblund/iStock
Dieta e Fitness Saúde

Essa é a quantidade de vegetais que você precisa comer por dia para viver mais

Não é segredo para ninguém que comer frutas, verduras e legumes faz um tremendo bem para saúde. Só que comer uma alfacezinha aqui, uma maçãzinha ali, um brócolis acolá, tem um efeito benéfico bem menor na sua imunidade que se consumidos com regularidade e na quantidade certa, coisa que só 10% dos brasileiros fazem, de acordo com dados do IBGE.

E que quantidade é essa, afinal? Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), se você quer ter uma saúde de ferro, o ideal é ingerir cinco porções desses alimentos por dia. Se você acha muito, um novo estudo da Universidade McMaster, no Canadá, acaba de divulgar que, ao incluir no cardápio diário apenas três desses alimentos naturais, a proteção já é maior contra doenças como o câncer e as do coração, ou seja, o risco de morte também diminui.

+ QUER EMAGRECER? QUATRO PEIXES ALÉM DO SALMÃO PARA INCLUIR NO CARDÁPIO

+ ISSO É O QUE ACONTECE QUANDO VOCÊ CORTA FRUTAS E VERDURAS DA SUA DIETA LOW CARB

+ QUATRO ALIMENTOS QUE SACIAM SUA FOME DE VERDADE ATÉ A PRÓXIMA REFEIÇÃO

Os participantes que comeram de 375 a 500 gramas de vegetais por dia, tiveram o risco de morte reduzido. Foto: sergeyshibut/iStock

Como foi feito

A pesquisa analisou, por aproximadamente sete anos, a dieta de mais de 135 mil pessoas entre 35 e 70 anos, em 18 países de quatro continentes. Nesse período, 5.796 participantes faleceram, e esse dado é importante porque, entre todos, os que passaram a comer diariamente de 375 a 500 gramas de vegetais (o que dá em torno de três a quatro porções) tiveram o risco de morte diminuídos.

A pesquisa não quer contradizer a recomendação da OMS, apenas esclarecer que, se você não consegue, não é preciso se desesperar. Em um comunicado à imprensa, Victoria Miller, líder do estudo, declarou: “trata-se de um objetivo mais acessível, especialmente em países onde as pessoas têm renda média ou baixa e os custos de frutas e legumes são relativamente altos”.

Outras conclusões curiosas

– Quem comia mais frutas desenvolveu uma proteção maior dos que os que apostaram apenas nos legumes e verduras;

– Ingerir os alimentos crus (quando possível, claro) trazia uma maior proteção contra doenças cardiovasculares.

Pronta para enriquecer esse menu?

Advertisement

Enquetes

enquete

Qual tendência você acha mais difícil de usar?

Carregando ... Carregando ...