A respiração com foco no momento presente estimula o pensamento e a criatividade FOTO: thinkstock
Comportamento Vida Prática

Respirar melhor para relaxar: aprenda três técnicas que podem ser usadas em qualquer lugar

Respirar de maneira correta é essencial para promover o estado de tranquilidade do corpo e fazer o coração bater de forma saudável. “Na ansiedade se perde isso e os intervalos entre um batimento e o outro são mais curtos. A respiração passa a ser mais rápida (tipo cachorrinho) e isso sinaliza ao cérebro de que possivelmente é hora de entrar em conflito”, explica o Dr. Martin Protner, neurologista especialista em neurociência e na técnica de mindfulness.

+ Maneiras criativas de dispor suas flores na decoração

+ Em busca da calma: conheça os nutrientes com efeito relaxante para introduzir na dieta

+ Menina de 9 anos fala sobre cabelo afro e autoaceitação em vídeo emocionante

“Se essa condição permanecer, ela poderá acabar em algo que tememos muito, que é o aumento da produção de cortisol. Uma vez que esse hormônio é sintetizado de maneira prolongada, causa danos ao organismo, imunidade e memória de longo prazo (entre outros). E a pessoa passa a ser chamada de estressada”, ele conta. Para ajudar nesse controle, existem técnicas que, além de beneficiarem todos os níveis de saúde (mental, emocional e físico), estimulam o relaxamento, cura, e conexão com o momento presente. Veja quais são:

Fazer uma pausa para respirar é necessário FOTO: thinkstock
Fazer uma pausa para respirar é necessário FOTO: thinkstock

Foco na expiração

Você inspira contando até quatro e expira até oito”, o Dr. Protner ensina.O foco deve estar voltado exclusivamente para a respiração, para que a mente se desligue de pensamentos aleatórios, e permaneça no agora. “Isso faz com que a produção de cortisol diminua e você abra áreas cognitivas do cérebro, que vão durar muitas horas”. As ideias que surgem desse processo, inclusive, são chamadas de insights. A frequência aconselhada por ele é de 20 minutos, cerca de duas vezes por dia. “Se você não consegue ser mindfull nessa quantidade, uma vez está muito bem também”, reforça. O importante, é fazê-la!

Intervenção aguda

Essa estratégia o neurocientista recomenda para quando você percebe que está em um momento de tensão e a ansiedade está tomando conta, chegando a um pico: pare, respire três vezes do modo citado acima, sequencialmente e siga com o que estava realizando antes. Simples assim.

A força para puxar todo o oxigênio deve vir do diafragma e, de preferência, pelas narinas, sem mexer a musculatura superior do tórax e inflando só os pulmões (como é mais comum de acontecer).

Respirar corretamente promove o relaxamento do corpo FOTO: thinkstock
Respirar corretamente promove o relaxamento do corpo FOTO: thinkstock

Respiração de alinhamento

Para Patrícia Cândido, filósofa, escritora, palestrante e terapeuta natural/holística, esse procedimento ajuda a restaurar o equilíbrio, energia e concentração. Para exercitá-lo, é preciso respirar lentamente até esvaziar os pensamentos nocivos. Imagine uma luz violeta intensa em forma de nuvem bem embaixo do nariz – “se você não conseguir visualizá-la, apenas acredite”, ela diz. Então, inale-a pelas narinas, como se ela estivesse entrando e preenchendo todo o corpo; em seguida, expire-a como se fosse uma fumaça cinza: “que leva junto toda a carga negativa que você atraiu durante o dia“, Patrícia ressalta. Como finalização, imagine que o que saiu foi queimado numa fogueira de cor violeta também (para que não fique pairando no seu ambiente).

“Fazendo isso, você limpa o sétimo ponto de energia, que fica no ponto da cabeça. Depois, basta repetir com os azuis índigo e claro, verde, amarelo, laranja e vermelho (correspondentes aos chakras). O resultado é imediato: uma sensação de paz, leveza e conexão com o seu ‘eu divino‘”, pontua. Pelo menos, faça dez respirações completas com cada opção – não precisa ser na mesma ordem, siga a sua intuição. “Lembre-se que somente a prática traz resultados satisfatórios. Persista, que as respostas que você sempre procurou, virão”.

Advertisement

Enquetes

enquete

Qual tendência você acha mais difícil de usar?

Carregando ... Carregando ...