Poike/iStock
Comportamento Vida Prática

Quase metade das mulheres já foi vítima de assédio sexual na internet

Já precisou lidar com alguma cantada desconfortável ou um pedido de nudes na internet? Infelizmente, esse comportamento nada agradável  é  mais comum do que as pessoas imaginam, e afetam a vida de quase metade das mulheres que se conectam à rede – ao menos é isso o que afirma um novo estudo.

+ MAIS LINDA! SOLUCIONE TRÊS PROBLEMAS COMUNS DA PELE NO INVERNO

+ CINCO DICAS DOS STYLISTS DAS FAMOSAS PARA ESTAR SEMPRE BEM VESTIDA

+ OS EFEITOS DE CADA FREQUÊNCIA DE LAVAGEM DOS CABELOS E COMO CONTORNAR OS DANOS

Os pesquisadores da British Psychological Society analisaram 261 mulheres com idades entre 13 e 72 anos. Cada uma precisou responder a um questionário anônimo focando principalmente em suas experiências online. Os resultados mostraram que 46% delas já foram sexualmente vitimadas, a maioria com pedidos de imagens sensuais, seguido por receber esse tipo  de conteúdo sem ter solicitado e mensagens com perguntas inapropriadas sobre sexo.

38% das mulheres já recebeu mensagens ameaçadoras e violentas. Foto: dragana991/iStock

41% ainda revelaram ter lidado com algum comportamento ameaçador, que geralmente ocorre através de mensagens ofensivas. Indo além, o chamado “contato humilhante” foi experimentado por 38%, que disseram ter tido sentimentos negativos sobre elas mesmas após o ocorrido. A estratégia mais comum das mulheres para fugir deste tipo de situação é recorrer ao humor ou desafiar o agressor.

Advertisement

Enquetes

enquete

Quais dicas você quer ver nesta primavera?

Carregando ... Carregando ...