Você não precisa ter medo de dizer não, porque acha que ele vai atrás de outras. Foto: ruigsantos / iStock
Amor & Sexo Comportamento Vida Prática

Meu parceiro quer testar novidades no sexo que eu ainda não me vejo fazendo. E agora?

Todo relacionamento, após um tempo, pede uma pimenta, algo diferente, ideias para se reinventar e brincar com o amor que já existe ali. As sugestões são super variadas, e a criatividade fica a cargo do casal, mas e se o parceiro fizer uma sugestão que você não sabe se deve aceitar ou não? Algo que jamais se imaginou fazendo? Calma, essa resposta, o DaquiDali te ajuda a formular, agora.

+ Quebre a rotina! Cinco dicas para você reacender de vez o relacionamento
+ Seis lições dos filmes pornôs que você deve usar na vida real
+ Cinco sinais de que você está sabotando o seu relacionamento

Como receber o convite a essa novidade

O primeiro passo é pensar pelo lado positivo: você está sempre aprendendo e conhecendo novidades, grandes ou pequenas, todos os dias. Pode ser desde provar um doce diferente a fazer um caminho até o trabalho ao qual não está acostumada. “Quando o assunto é sexo, esteja disposta a ouvir. Embora seja o marido que esteja convidando, a mulher tem medo do julgamento”, diz a psicóloga e terapeuta sexual Adriana Severine.

Descobrindo limites, valores e sensações

Você conhece seus limites? Independente da resposta, é importante estar aberta, mas sem se agredir. “Tem que ir testando as novidades ate saber qual o ponto de parada, aquele que não vai mais ser prazeroso. O bem estar tem que ser para os dois, e, em uma relação saudável, o próprio homem sente-se bem quando vê que está dando prazer para a mulher”, explica a profissional.

Na hora de tomar a decisão, ainda há um fantasma que assombra muitas mulheres, aquele que diz “quem não tem em casa, vai buscar na rua”. Adriana ensina a combatê-lo: “você pode experimentar e não gostar, mas não deve fazer nada por medo de que o parceiro vá procurar na rua. Tem que ter coragem de assumir que não gostou. Isso é se respeitar como ser humano”. Ela ainda complementa, que “quando o homem começa a forçar aquilo que você tentou e não achou prazeroso, é melhor questionar o relacionamento como um todo. Se está realmente valendo a pena, porque fazer o que não gosta, única e exclusivamente para manter o marido, é se autoviolentar”.

O ideal é sempre puxar pela conversa para manter a negociação e o próprio relacionamento em um patamar saudável. Às vezes, questões como filhos e dinheiro também interferem. “Se você tem uma independência financeira, se sente mais livre para dizer o que e o que não gosta. Caso não tenha, o legal é conversar e não brigar com o parceiro, explicar o porquê e o mal que aquilo pode te causar. Coloque seu ponto de vista sem julgamento, sem dizer que o que ele quer é errado, ou que sua religião não deixa”, orienta a terapeuta.

Adriana frisa: “defina o que é bom pra você, porque os outros não precisam saber o que acontece dentro de quatro paredes. O momento é seu e do seu parceiro”.

Se permitir sem passar por cima de si mesma é o melhor caminho. Foto: 4774344sean / iStock
Se permitir sem passar por cima de si mesma é o melhor caminho. Foto: 4774344sean / iStock

Decidida e feliz

Se você realmente percebeu que essa prática não te atende, que tal lançar uma contraproposta? “De repente, flexibilizar e sugerir uma alternativa pode ser uma ótima saída. ‘E se tentarmos desse outro modo, que dá prazer para ambos?’” recomenda Adriana. A maneira como a sugestão é feita também é fundamental. Segundo a terapeuta, “sexo não pode ser baseado em sim, eu faço, não eu não faço, tem que ser um ‘vamos tentar’”.

Faça por você

Muitas mulheres se perguntam se vale a pena fazer isso pelo parceiro, e Adriana tem a resposta. “Vale a pena arriscar, se for por você mesma. Essa atitude te faz descobrir novos prazeres e formas diferentes de amar. Experimentar a nova proposta pode ser ótimo, mesmo que a ideia venha do parceiro”, afirma. Ela ainda deixa um recado: “Você precisa ser um pouquinho egoísta, sim. Eu tenho prazer, tenho vontade e tenho desejos e quero que eles sejam satisfeitos também’”.

Advertisement

Enquetes

enquete

Que problema da pele do rosto mais te incomoda?

Carregando ... Carregando ...