ALotOfPeople/iStock
Dieta e Fitness

Por dentro dos lanches de praia: conheça as opções, seus benefícios e desvantagens

Se você vai pegar uma praia nesses dias de verão e anda sem tempo ou paciência para fazer seu próprio “kit de comidinhas e bebidas”, provavelmente vai comprar o que estiver sendo oferecido ali mesmo nas areias ou nos quiosques. Com fome e sede não dá para ficar, mas é interessante saber o que as opções mais comuns oferecem em termos de nutrição. Olha só!

+ PRAIA LIGHT! IDEIAS DE COMIDINHAS E BEBIDAS PARA APROVEITAR O DIA SEM CULPA

+ AUTOMASSAGEM AJUDA A ELIMINAR O INCHAÇO E A RETENÇÃO DE LÍQUIDOS

+ PELE LINDA! DICAS TE AJUDAM A PROLONGAR O BRONZEADO NESTE VERÃO

voloshin311/iStock

Batida de frutas

As mais populares são as de coco, maracujá, abacaxi e a famosa caipirinha. “Nutricionalmente falando, uma batida de maracujá ou limão, por exemplo, com açúcar, tem em média 270 calorias, agora, se for adoçada com adoçante, esse número cai para 230 calorias. Outro cuidado aqui é com o álcool, que contém 7 calorias em cada grama”, diz a nutricionista Madalena Vallinotti, da Clínica Personal Diet.

Ela ainda chama atenção para a qualidade da água e gelo, principalmente em caixas de isopor, “que são proibidas pela vigilância sanitária. Em qualquer ranhura pode ter acúmulo de sujeiras e consequentemente microrganismos, causando alguma indisposição gástrica, até mesmo intoxicação alimentar. Leve sua água gelada e gelo de casa”.

Pastel

Essa guloseima amada por muita gente tem em média 380 calorias por unidade “e dependendo do recheio pode ficar mais calórica ainda”, lembra a nutricionista, que complementa: “o pastel é uma opção que pode pesar no estômago por ser fritura, possui gordura saturada e trans, e mais, não se sabe quantas vezes aquele óleo foi reutilizado”.

jantroyka/iStock

Queijo coalho

Segundo a expert, essa delícia pode ser uma boa opção, desde que consumida no começo do dia. “Uma unidade possui aproximadamente 60 gramas no espeto, que equivalem a 160 calorias. Se você está no controle do peso corporal buscando emagrecer, pode até comer um queijo desses, pois, como é rico em proteína, propiciará maior saciedade. Agora, não abuse!”, alerta Madalena.

Espiga de milho

De acordo com a especialista, é uma excelente opção, por ser “rica em carboidratos, fibras e ter em torno de 130 calorias por unidade. Mas atenção: a água em que é cozido fica desde cedo naquele panelão e não é trocada, lembrando que calor, umidade, resíduos de alimentos e pouca higiene são os ingredientes prediletos para as bactérias se multiplicarem, então cuidado. O recomendável é consumir apenas no período da manhã. Ah, e evite a margarina, que é gordura vegetal hidrogenada, contém gordura trans, péssima para a saúde, aumenta os níveis do mau colesterol e diminui os níveis do bom, além de acrescentar calorias”.

Amendoim

A nutricionista o considera perigoso, pois é difícil saber a procedência. “É um alimento que pode ser facilmente contaminado por fungos e produzir aflotoxinas, que são inclusive cancerígenas, por isso compre amendoins que são certificados pela ABICAB (Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados), entidade responsável por analisar a qualidade e fazer a rastreabilidade do produto do plantio, colheita, armazenagem  processamento até a venda. E cuidado com aqueles salgados, pois o excesso de sal não só vai te deixar mais inchada como trazer outros diversos prejuízo à saúde”.

Advertisement

Enquetes

enquete

Qual tendência você acha mais difícil de usar?

Carregando ... Carregando ...