Foto: Bojan89/iStock
Dieta e Fitness

Personal trainer revela dicas para deixar seu treino de musculação e aeróbico mais eficientes

Manter a forma, você sabe, é aquele trabalho de formiguinha, um dia de cada vez. Mas, se dá para turbinar isso, por que não fazê-lo? No entanto, antes de tudo, é importante ressaltar que toda meta deve ser alcançada em fases. “Mesmo que você tenha pressa, é mais seguro ir aos poucos para ganhar muito. Por exemplo: seu objetivo é 10. Vamos de dois a quatro, de quatro a seis, de seis a oito e de oito a 10. Dessa maneira é muito mais fácil alcançar o resultado final desejado, ao contrário de quem pula etapas e pode acabar se frustrando no meio do caminho”, explica o personal trainer Valter Da Hora, da rede de academias Smart Fit. Veja as dicas que ele tem para você:

+ UM TREINO COMPLETO DE GLÚTEOS SÓ COM AGACHAMENTOS PARA FAZER ONDE QUISER

+ NA ACADEMIA! FORTALEÇA AS COSTAS E A LOMBAR COM ESSE TREINO PODEROSO

+ QUATRO DICAS PARA TURBINAR SEU TREINO DE CORRIDA NA ACADEMIA E AO AR LIVRE

 

Às vezes, até treinar com uma amiga pode ser um estímulo diferente e bem-vindo! Foto: Bojan89/iStock

Altere os estímulos

De acordo com Valter, é muito comum o aluno pegar um treino e executá-lo do mesmo jeito por um bom período de tempo até mudar tudo. “Os exercícios podem ser mantidos por até no máximo oito semanas. O que eu faço para deixar o treino mais interessante é, a cada duas semanas, mexer em outras variáveis, como intensidade, volume e tempo de descanso, etc. Eu vou alterando os estímulos para que a pessoa sinta que trocou de execução sem mudar o exercício em si, e as chances de resultado aumentam”.

Tente treinar duas vezes ao dia

Mas como assim? Com que tempo? Calma! “Para emagrecer, ter um resultado mais rápido e eficiente, você pode treinar duas vezes ao dia, com o intervalo mínimo de cinco horas entre eles. Em um, a musculação, no outro, o aeróbico. Caso não seja possível, faça essa distribuição entre um dia e outro, deixando os pesos para hoje e o aeróbico para amanhã, por exemplo. Por que separá-los? O cérebro se confunde quando você faz tudo ao mesmo tempo, logo, ao separar esses estímulos, é mais fácil para ele processar e otimizar os resultados em cima de cada prática”, diz Da Hora.

No aeróbico, alterne treinos em baixa, média e alta intensidade. Foto: g-stockstudio/iStock

Teste diferentes execuções do aeróbico

Segundo o personal, dá para testar dois jeitos: “Fazer o aeróbico em intensidade moderada ou levemente forte (30 a 40 minutos no máximo) em jejum (fale com seu nutricionista ou nutrólogo antes, e não faça em um ritmo muito pesado para não passar mal) facilita a quebra de gordura, já que o corpo vai estar sem carboidratos. Também pode investir em treinos curtos (20 a 30 minutos no máximo) de intensidade alta (intervalados, HIITs), mas jamais em jejum. A segunda forma é uma ótima alternativa para quem está com pouco tempo, ou quer tentar o esquema de treino duplo citado acima. Ah, se quiser, pode até intercalar os ritmos”.

Advertisement

Enquetes

enquete

Qual tendência você acha mais difícil de usar?

Carregando ... Carregando ...