Foto: Bojan89/iStock
Dieta e Fitness

Personal trainer revela dicas para deixar seu treino de musculação e aeróbico mais eficientes

Manter a forma, você sabe, é aquele trabalho de formiguinha, um dia de cada vez. Mas, se dá para turbinar isso, por que não fazê-lo? No entanto, antes de tudo, é importante ressaltar que toda meta deve ser alcançada em fases. “Mesmo que você tenha pressa, é mais seguro ir aos poucos para ganhar muito. Por exemplo: seu objetivo é 10. Vamos de dois a quatro, de quatro a seis, de seis a oito e de oito a 10. Dessa maneira é muito mais fácil alcançar o resultado final desejado, ao contrário de quem pula etapas e pode acabar se frustrando no meio do caminho”, explica o personal trainer Valter Da Hora, da rede de academias Smart Fit. Veja as dicas que ele tem para você:

+ UM TREINO COMPLETO DE GLÚTEOS SÓ COM AGACHAMENTOS PARA FAZER ONDE QUISER

+ NA ACADEMIA! FORTALEÇA AS COSTAS E A LOMBAR COM ESSE TREINO PODEROSO

+ QUATRO DICAS PARA TURBINAR SEU TREINO DE CORRIDA NA ACADEMIA E AO AR LIVRE

 

Às vezes, até treinar com uma amiga pode ser um estímulo diferente e bem-vindo! Foto: Bojan89/iStock

Altere os estímulos

De acordo com Valter, é muito comum o aluno pegar um treino e executá-lo do mesmo jeito por um bom período de tempo até mudar tudo. “Os exercícios podem ser mantidos por até no máximo oito semanas. O que eu faço para deixar o treino mais interessante é, a cada duas semanas, mexer em outras variáveis, como intensidade, volume e tempo de descanso, etc. Eu vou alterando os estímulos para que a pessoa sinta que trocou de execução sem mudar o exercício em si, e as chances de resultado aumentam”.

Tente treinar duas vezes ao dia

Mas como assim? Com que tempo? Calma! “Para emagrecer, ter um resultado mais rápido e eficiente, você pode treinar duas vezes ao dia, com o intervalo mínimo de cinco horas entre eles. Em um, a musculação, no outro, o aeróbico. Caso não seja possível, faça essa distribuição entre um dia e outro, deixando os pesos para hoje e o aeróbico para amanhã, por exemplo. Por que separá-los? O cérebro se confunde quando você faz tudo ao mesmo tempo, logo, ao separar esses estímulos, é mais fácil para ele processar e otimizar os resultados em cima de cada prática”, diz Da Hora.

No aeróbico, alterne treinos em baixa, média e alta intensidade. Foto: g-stockstudio/iStock

Teste diferentes execuções do aeróbico

Segundo o personal, dá para testar dois jeitos: “Fazer o aeróbico em intensidade moderada ou levemente forte (30 a 40 minutos no máximo) em jejum (fale com seu nutricionista ou nutrólogo antes, e não faça em um ritmo muito pesado para não passar mal) facilita a quebra de gordura, já que o corpo vai estar sem carboidratos. Também pode investir em treinos curtos (20 a 30 minutos no máximo) de intensidade alta (intervalados, HIITs), mas jamais em jejum. A segunda forma é uma ótima alternativa para quem está com pouco tempo, ou quer tentar o esquema de treino duplo citado acima. Ah, se quiser, pode até intercalar os ritmos”.

Advertisement

Enquetes

enquete

Qual assunto você mais gosta de ver na newsletter do DaquiDali?

Carregando ... Carregando ...