Foto: Tijana87/iStock
Dieta e Fitness

Perigo! Fuja das armadilhas para a dieta que só aparecem no fim de semana

O fim de semana, sem dúvida, tem os dias mais esperados, por diversos motivos, e um deles é pelo fato de poder comer sem pressa, na companhia de familiares e amigos. Mas o ponto aqui é: se você está em um processo de reeducação alimentar, é preciso ficar de olhos bem abertos para essas três armadilhas que só aparecem sábado e domingo não mandarem ladeira abaixo o seu objetivo!

+ TRÊS LANCHINHOS LIGHT DELICIOSOS PARA MATAR A FOME SEM ATRAPALHAR A DIETA

+ FIRME E FORTE! COMO TER FOCO QUANDO SÓ VOCÊ ESTÁ DE DIETA NA FAMÍLIA

+ CHEGA! CINCO SINAIS DE QUE É HORA DE PARAR DE FAZER DIETA

Foto: Jacob-Wackerhause/iStock

O pensamento: “posse me dar ao luxo de comer algo que eu gosto”

O ser humano adora trabalhar com a sensação de recompensa. “Fiz aquilo, mereço isso”. E no fim de semana então, isso apita como nunca, principalmente no que diz respeito a comida: uma vez que já fez dieta a semana todinha, pode enfiar pelo menos a pontinha do pé na jaca, né? “Não. Mesmo assim tem que ter moderação, e isso você faz ao se permitir, mas não escolhendo opções que sejam tão discrepantes do seu plano alimentar atual”, diz a nutricionista Madalena Vallinoti, da Clínica Personal Diet.

Quando você exagera, “se realmente vem se alimentando corretamente, ao escolher algo gorduroso, por exemplo, pode causar uma sobrecarga gástrica e hepática em cima de um organismo que vem trabalhando com alimentos e de modo saudável. Outras consequências são vômitos, diarreia e cólicas”, afirma Vallinoti.

Desse modo, a recomendação da nutricionista é: “uma extravagância durante uma refeição apenas para o fim de semana inteiro. Lembre-se: uma coisa é comer fritura na sua casa, e outra na rua, cujo óleo nem sempre é renovado, então fica saturado e ajuda a aumentar o LDL (colesterol ruim). Se for álcool, então, além dele em si ser bastante calórico, quanto mais se bebe, mais relaxada fica, e suscetível a bombardear seu objetivo. Então, de novo, tenha moderação”.

Foto: GeorgeRudy/iStock

Dormir demais ou de menos

Cada indivíduo tem o seu relógio biológico (horas de sono, momento mais disposto e o mais indisposto), então não dá para que todo mundo esteja ótimo de 8 da manha às 5 da tarde. Agora, pegando um panorama geral, assim que a luz do dia começa a diminuir, por uma questão hormonal, o seu organismo começa a te induzir ao sono, o que só funciona se sua alimentação estiver equilibrada.

“Se estiver carregada de gorduras, estimulantes, etc., provavelmente vai dormir menos ou ter um sono de péssima qualidade e assim, desregular os hormônios do apetite e da saciedade, principalmente a leptina e a grelina. Resultado? Começa a comer descontroladamente”, destaca Madalena.

Por outro lado, dormir muito “pode te atrapalhar porque você pula refeições, e acorda para almoçar, por exemplo: passa de um delicado café da manhã para um almoço que pode ser muito brusco para um organismo que estava em repouso até então, causando até uma possível indigestão. Além disso, ‘hibernar’ pode resultar em perder o horário de se exercitar, e ainda pode deixar que a preguicinha pós-sono falar mais alto, o que te faz comer qualquer coisa só para ‘não morrer de fome’. O resultado na segunda-feira depois de um fim de semana assim é desastroso“, ressalta a especialista.

Foto: Wavebreakmedia-Ltd/iStock

Fazer a “Maria vai com as outras”

Quando você faz uma refeição sozinha, acaba tendo um maior controle do que come. Mas ao estar na companhia dos amigos e da família, para não parecer anti-social “acaba embarcando no padrão do grupo, e come o que todo mundo está pedindo. É aí que é importante estar atenta, pois por ser um momento de descontração, na empolgação, rindo, conversando, pode perder o controle e acabar ingerindo mais do que tem feito. Quer sair sem parecer a chata? Explique, educadamente, que você está em uma reeducação alimentar e peça algo mais leve, que pode ser um filezinho acebolado (peça ao garçom que seja grelhado e não frito), ou uma isca de frango também grelhada, um queijinho branco, etc.”, recomenda a nutricionista.

Advertisement

Enquetes

enquete

Qual assunto você mais gosta de ver na newsletter do DaquiDali?

Carregando ... Carregando ...