Foto: gpointstudio/iStock
Carreira & Finanças

Quatro mitos da linguagem corporal que estão atrapalhando sua vida profissional

Que “o corpo fala” todo mundo já está careca de saber, inclusive, isso é uma “ciência” estudada e respeitada mundialmente, e que pode te ajudar muito no dia a dia, principalmente no trabalho (o DaquiDali mesmo já te ensinou como dominá-la aqui). Acontece que tem gente tratando as interpretações como verdades absolutas e metendo os pés pelas mãos. Pensando nisso, conheça alguns mitos que podem atrapalhar sua vida profissional.

+ TRÊS DICAS PARA USAR A LINGUAGEM CORPORAL A SEU FAVOR EM UMA NEGOCIAÇÃO

+ LINGUAGEM CORPORAL: DESCUBRA OS GESTOS QUE FRAGILIZAM SUA IMAGEM NO AMBIENTE DE TRABALHO

+ PASSE A MELHOR IMPRESSÃO! SAIBA O QUE SEU APERTO DE MÃO DIZ SOBRE VOCÊ

Se a pessoa cruzar os braços, ela não está aberta ao que estou dizendo

Sempre que alguém cruza os braços na sua frente está criando uma barreira? Segundo o psicólogo João Oliveira, do Mestre em Cognição e Linguagem e membro do Instituto de Psicologia Ser e Crescer, “de fato, isso pode ocorrer sim, mas existem várias maneiras de uma pessoa passar um braço pelo outro, e algumas delas podem estar inclusive associadas a movimentos de pacificação. Se estiver ansiosa ou insegura pode fazer isso se autoacariciando. Devemos levar em consideração também a possibilidade de a pessoa estar com frio, sem apoio na cadeira ou muito cansada. O contexto sempre deve ser avaliado“.

Linguagem corporal pode ajudar muito na comunicação no trabalho. Foto: monkeybusinessimages/iStock

Se não olhar nos meus olhos, não está prestando atenção

O psicólogo revela que esse é um dos maiores mitos. A pessoa que possui o canal auditivo muito diferenciado dos demais irá virar o rosto e oferecer o ouvido, “como forma de demonstrar que está, realmente, prestando muita atenção ao que está sendo dito. Do mesmo jeito, um cinestésico (que dá mais valor às sensações corpóreas) poderá olhar para baixo procurando referência sobre o que ouve no próprio corpo. Desta forma, não olhar diretamente para o falante pode não significar nada demais, muito pelo contrário: a pessoa que ouve está prestando mesmo muita atenção”.

Movimentar os olhos para cima à direita enquanto fala é sinal de mentira

Em primeiro lugar, você teria que saber se a pessoa é destra ou canhota. “Porque, se for canhota, significa que está lembrando de algum fato, e não criando. Outro detalhe importante é que olhar para cima à direita enquanto fala ou pensa significa estar criando, e não estar mentindo. Ela pode estar imaginando a cena que se refere de um ângulo diferente, ou seja, está falando a verdade, mas está ilustrando, na mente, com cenas além daquelas que viu ou imaginando além do vivido”, esclarece o expert.

Cruzar as pernas, ao contrário do que se diz, não é sinal de agressividade. Foto: g-stockstudio/iStock

Se o homem cruzar as pernas, é sinal de agressividade

O mestre em cognição e linguagem afirma: “Não, não é. Se as pernas estão cruzadas e os pés (ou pelo menos um deles) apontam para a pessoa com quem fala é sinal de interesse no assunto. O desconforto também pode fazer com que a pessoa cruze as pernas sem que seja sinal de agressividade ou de que está disposto a abandonar a conversa, ela está apenas buscando uma posição melhor”.

Em suma, não se pode fazer uma análise completa do interesse ou estado emocional de uma pessoa apenas por um movimento não verbal. “O corpo fala sim (e só diz a verdade), mas devemos olhar vários sinais para compor uma verdadeira análise sem pré-julgamentos“, lembra o profissional.

Advertisement

Enquetes

enquete

Qual tendência você acha mais difícil de usar?

Carregando ... Carregando ...