Foto: oneinchpunch/iStock
Carreira & Finanças

Pegue sete dicas para se divertir gastando pouco ou nada

Economizar é sempre bom, mas, quando o assunto é lazer, é comum as pessoas se permitirem gastar um pouquinho mais. Agora, em tempos de crise, tem muita gente segurando os gastos, e se esse for o seu caso, não significa que você tenha que ficar em casa sem se divertir. A seguir, você confere algumas dicas simples e ótimas para ter momentos gostosos gastando muito pouco ou nada. Animada?

+ MÁSCARAS CASEIRAS TE AJUDAM A TER A PELE PERFEITA GASTANDO POUCO

+ ALIVIE O BOLSO! SAIBA ORGANIZAR UM AMIGO SECRETO OU CONFRATERNIZAÇÃO GASTANDO POUCO

+ RENOVE A DECORAÇÃO GASTANDO POUCO COM A AJUDA DE MATERIAIS REUTILIZADOS

Aposte em sites de compras coletivas

São aqueles que oferecem cupons de descontos em diversos setores, como shows, cinema, restaurantes, etc. “Você pode se cadastrar para receber as ofertas diretamente no seu e-mail, ou deixar salvo na barra de favoritos do seu navegador para visitá-los quando tiver interesse”, orienta o consultor financeiro pessoal Fábio Henrique, da Ponto de Equilíbrio Consultoria Financeira.

Na internet, você tem acesso à programação cultural da sua cidade visitando sites específicos ou da prefeitura, por exemplo. Foto: AntonioGuillem/iStock

Fique de olho na programação cultural da sua cidade

A prefeitura e demais instituições comprometidas com o lazer e a educação costumam oferecer uma interessante variedade em sua programação cultural, que pode custar um valor muito pequeno ou mesmo sair de graça. “Visite os sites oficiais, sites de cultura, ou cheque o boca a boca mesmo, em seguida programe-se para eventos como virada cultural, filmes em espaços públicos, peças de teatro, shows, cinema (leve a pipoca de casa), etc.”, lembra o profissional.

Peça carona

Vai todo mundo para o mesmo lugar e tem vaga no carro? “Então não se acanhe e peça carona. Os aplicativos também são uma saída porque o valor da corrida é bem mais barato que o táxi comum, entretanto, de graça é bem melhor, não é mesmo?”, diz Henrique.

Chame a galera para sua casa

Convidar a turma para um programa caseiro pode ser mais divertido, e ainda é mais seguro e barato que na rua. “Faça um churrasco, um jantarzinho, uma noite divertida de jogos de tabuleiro, um filme, uma pizza, um vinhozinho com frios, fica a seu critério. O bom é que dá para dividir, cada um traz uma coisa e assim não fica pesado para ninguém“, ressalta o especialista.

Parques, praças e praias são ótimos ambientes para um dia gostoso em família. Foto: nd3000/iStock

Aproveite os espaços públicos

Segundo o expert, “dá para correr, pedalar, andar de patins, caminhar, apenas contemplar, fazer um piquenique, pegar um sol, jogar bola, enfim, o que não faltam são ideias bacanas. Em ambos, você pode levar de casa um isoporzinho com sua água, seu lanchinho e curtir a custo zero“.

Quer comer fora? Aproveite as promoções 

Isso inclui rodízios, que costumam ser mais baratos, assim como momentos especiais como “noite dos caldos”, “quinta dos petiscos”, etc. “É uma forma simples de comer fora gastando menos que em uma possível refeição à la carte ou delivery (que podem ter taxas de entrega altas), por exemplo. Ah, lugares em bairros mais distantes da região central também podem ter um preço mais acessível”, destaca o profissional.

Nada de “dividir por igual”

Aproveite que está entre amigos para se livrar dessa “cilada”. “Ao sair em grupo, tem quem só beba uma água, quem toma 4 refrigerantes, quem peça sobremesa e quem só coma uma salada. Aí, quando a chega a conta, querem dividir por igual. Nitidamente, não é justo. Então peça para pagar seu consumo individual mesmo, pois você estará apenas sendo justa. Agora, se você estão dividindo uma rodada de petiscos, todos pediram pratos com valores semelhantes, beberam um vinho, ou seja, o consumo foi realmente coletivo, tudo bem partilhar a conta”, esclarece o consultor.

Advertisement

Enquetes

enquete

Que problema da pele do rosto mais te incomoda?

Carregando ... Carregando ...