Foto: Ammentorp-Lund/istock
Comportamento Vida Prática

Amigo de verdade! Tome essas cinco atitudes para melhorar o dia de alguém

Quando você vê alguém mal, ou tendo um dia ruim, o que faz? Às vezes, tudo que aquela pessoa precisa é de um gesto que, mesmo pequeno, seja forte o suficiente para que ela abra um sorriso. Mas o que fazer se a vontade é de ajudar e não de ser invasiva? Confira as dicas!

+ Sofrência também é lição! O que aprender com as musas do sertanejo e suas letras
+ Cuide bem da sua autoestima: aprenda a se valorizar em todos os momentos da sua vida
+ Depressão aumenta no mundo e mulheres são as mais afetadas, alerta OMS

“Bom dia, como você está?”

Parece simples, né? Mas sendo pronunciada com interesse genuíno pelo outro, pode fazer toda a diferença e, sim, mudar o dia dele. “Ao ouvir um ‘Oi, tudo bem?’, é comum sair no automático ‘Tudo e você?’, Mas será que está tudo bem mesmo? Mudar a pergunta para ‘como você está?’ demonstra real preocupação e interesse. Faça isso cumprimentando com um sorriso e apenas se for com verdade”, ressalta o psicólogo André Melo, do Harmonie Instituto.

Ouvir com carinho o desabafo da pessoa pode ser tudo o que ela precisa naquele momento. Foto: AntonioGuillem/istock
Ouvir com carinho o desabafo da pessoa pode ser tudo o que ela precisa naquele momento. Foto: AntonioGuillem/istock

Ouça

Atualmente, as pessoas estão bem desacostumadas a ouvir. Não o fazem consigo mesmas, muito menos com as demais. Um áudio de 40 segundos no Whatsapp pode ser muita coisa. “Mas pode ser justamente isso que o outro precisa. Deixe que ele diga o que sente, revele porque não está bem, como foi o dia, suas insatisfações, etc. Muitas vezes as pessoas só precisam ser ouvidas para se sentirem melhores”, lembra André.

Ajude a encontrar soluções

Uma vez que você já ouviu a pessoa, por que não ajudá-la a ter um olhar positivo? A recomendação do profissional é: “se estiver ao seu alcance, ajude a encontrar uma possível solução para o problema, ou pelo menos, a tirar um aprendizado da situação. Quando ficamos apenas com pensamentos voltados para o negativo, temos a tendência a nos mantermos nessa vibração. Ao voltá-lo para o positivo é possível criar resiliência, um aprendizado para a vida e sair da situação de dor, sofrimento ou de vítima para protagonista de um novo futuro”.

Foto: AntonioGuillem/istock
Conte uma piadinha pra descontrair, quebrar o clima pesado. Foto: AntonioGuillem/istock

Quebre o climão

Após ajudar a pessoa com interesse, escutá-la e ajudá-la a pensar de um jeito mais positivo, “faça uma brincadeira ou um comentário fora do contexto, para que ela não fique mergulhada no sofrimento ou angústia. Fale sobre o clima, o jogo, a roupa. Dessa forma ela terá mais facilidade para absorver o novo momento. Apenas cuidado para não exagerar e fazer piadinhas inconvenientes”, alerta o psicólogo.

Evite apenas consolar

Consolos aleatórios como “vai passar”, “no final fica tudo bem”, “você não pode ficar triste” podem soar vazias. “Por não sabermos muito bem o que falar quando alguém está mal, acabamos utilizando frases consoladoras, mas que, na prática não trazem uma solução real. Evite-as com frequência, pois não promovem uma ajuda de fato, dificilmente tiram a pessoa do estado que está e podem até piorar a situação”, explica Melo.

Advertisement

Enquetes

enquete

Que produto nunca pode faltar no seu nécessaire?

Carregando ... Carregando ...