Foto: m-imagephotography/istock
Beleza Beleza Comportamento Vida Prática

Adeus, pés de galinha! Saiba prevenir, atenuar e acabar com essas rugas

O tempo passa, e os sinais dele chegam para todos. Um dos mais comuns são as rugas que aparecem no cantinho dos olhos, popularmente conhecidas como pés de galinha. “Tecnicamente, são chamadas de periorbitárias, decorrentes da ação da musculatura pela repetição do movimento. As pessoas começam a se incomodar geralmente a partir dos 30, 40 anos, e é importante ressaltar que elas não são sinônimo de mal algum, a ideia de trata-las é puramente estética”, explica o Dr. Bruno Onishi, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e Sociedade Americana de Cirurgia Plástica, especialista em microcirurgia pelo Hospital das Clínicas de São Paulo. Ele revela como preveni-las, atenuá-las e livrar-se delas mesmo nos casos mais acentuados. Confira!

+ Manual da gordura localizada: chega de dúvidas para eliminá-la
+ Descubra tratamentos estéticos que podem ser alternativa à cirurgia plástica
+ Bolsas embaixo dos olhos têm solução! Descubra as técnicas e produtos mais indicados

Foto: repinanatoly/istock
Cremes hidratantes e que estimulem a produção de colágeno são um bom recurso preventivo. Foto: repinanatoly/istock

Como preveni-las

Mesmo fazendo parte de um processo natural do envelhecimento, é possível diminuir o aparecimento delas mudando alguns hábitos de vida simples, como “usar filtro solar, evitar a exposição em excesso ao sol e usar óculos escuros que protejam de verdade (cuidado com os baratinhos). É possível utilizar cremes que hidratam e estimulam a produção de colágeno, importantes para deixar a pele longe de um ressecamento e mais firme para resistir à movimentação da área, que é inevitável. A maioria deles é de venda livre, mas você pode consultar um profissional para obter uma fórmula manipulada. O importante mesmo é ter acompanhamento médico, porque existem concentrações diferentes, peles mais sensíveis, enfim, ajustes finos para adequar o creme certo à pessoa certa”, ressalta o médico.

Foto: YakobchukOlena/istock
Para atenuá-las, a toxina botulínica é uma das melhores saída. Foto: YakobchukOlena/istock

Como atenuá-las

Há quem goste desses “sinais da experiência”, e queira apenas diminuí-los um pouco. Nesse caso, a toxina botulínica é uma opção muito viável. O Dr. Bruno explica que “ela paralisa temporariamente o estímulo à musculatura, por um período de quatro a seis meses. Assim, você desativa o mecanismo de produção da ruga que é a contração muscular, de modo que a pele dobre e marque menos. O tratamento tende a diminuir não só essas ruguinhas do pé de galinha, mas ainda é possível associar também as regiões no meio dos olhos, na testa e ainda dar uma leve levantada nas sobrancelhas, para tirar uma possível aparência de cansada”.

Outra alternativa são os procedimentos para melhorar a pele, como peelings. “O mais adequado você decide após uma avaliação com seu profissional”, lembra o especialista que complementa: “ainda há o preenchimento feito com ácido hialurônico, uma substância que existe na pele, mas que se perde com o envelhecimento. A versão criada pela indústria repara isso, dando volume e suavizando essa depressão e a duração é em média de um a dois anos”.

Foto: NADOFOTOS/istock
A cirurgia plástica só é pedida pelo paciente quando as rugas estão muito acentuadas, natural depois dos 50 anos. Foto: NADOFOTOS/istock

Para se livrar delas

Quando o nível do pé de galinha é mais acentuado, “o que é usual mais a partir dos 40, 50 anos (mas pode acontecer antes), o preenchimento com ácido hialurônico  é um recurso que pode ser utilizado, mas aqui é feito em maior quantidade. Os peelings também são bem-vindos, entretanto, também mais profundos e intensos (quando a pele da paciente permite). Uma opção mais incisiva para os casos de maior envelhecimento, é a cirurgia plástica conhecida como blefaroplastia, feita para tirar a sobra de pele, reposicionar o cantinho do olho e até remover possíveis bolsas de gordura”, diz o cirurgião plástico.

Advertisement

Enquetes

enquete

Que problema da pele do rosto mais te incomoda?

Carregando ... Carregando ...