Trocas simples eliminam até cinco centímetros de circunferência abdominal por mês

Especialista lista cinco alimentos que você pode substituir sem dificuldades para uma barriga lisinha

18 de julho de 2016 - por Naiara Taborda
shironosov/iStock

A barriguinha é uma das reclamações mais constantes das mulheres e, apesar de parecer difícil de eliminar, algumas trocas bem simples e práticas são ótimas pedidas para acabar com ela. Saiba o que você pode substituir sem sofrimento e mude de uma vez por todas a silhueta.

+ Tudo o que você precisa saber sobre o uso de produtos anti-idade

+ Oito alimentos que vão te dar ânimo para entrar em forma neste inverno

 + Dicas te ajudam a montar um guarda-roupa versátil e estiloso com poucas peças

As trocas simples são as mais fáceis e as que mais surtem efeito e é possível fazer desde o café da manhã até os principais deslizes dos finais de semana”, explica a nutróloga Ana Luisa Vilela, que ensina cinco opções que vão diminuir até cinco centímetros de circunferência abdominal por mês.

Carboidratos simples por complexos

Os carboidratos estão presentes em praticamente todas as refeições, e o simples hábito de escolher corretamente já traz uma vantagem enorme: “Por que consumir alimentos em partes se temos a opção de versões inteiras? Os integrais são ricos em fibras que favorecem o trânsito intestinal, essencial para diminuir a barriguinha”.

Bebidas gaseificadas por chás

Chás são antioxidantes e aceleram o metabolismo. Foto: margostock/iStock

Chás são antioxidantes e aceleram o metabolismo. Foto: margostock/iStock

Bebidas gaseificadas, como os refrigerantes, escondem muitas calorias e nenhum nutriente, portanto, devem ser deixadas de lado. “Elas são grandes responsáveis pelo inchaço na região do abdômen, além de gerarem desconforto. Troque por chás em versões quentes e geladas, que possuem ação antioxidante, mas não exagere na hora do açúcar”, indica. O verde, que atua no aceleramento do metabolismo, é uma das escolhas mais espertas.

Embutidos por opções naturais 

Alimentos embutidos podem parecer saudáveis, mas, de acordo com a especialista, são cheios de sódio. “Eles retêm líquidos e aumentam o processo inflamatório na região da barriga. Prefira queijos brancos para fazer um lanchinho”, aponta. No lugar do peito de peru e presunto, por exemplo, é possível utilizar o peito de frango preparado em casa.

Cerveja por destilados

No happy hour, troque a cerveja por drinques destilados com bastante gelo. Foto: Marco Herrndorff/iStock

No happy hour, troque a cerveja por drinques destilados com bastante gelo. Foto: Marco Herrndorff/iStock

Não consegue abrir mão do happy hour? “Nele ou em uma festa prefira os destilados à cerveja, e escolha as misturas que podem ter mais gelo do que bebida alcoólica”, aconselha. Apesar de ambos serem calóricos, a quantidade ingerida de destilados costuma ser menor, assim como os carboidratos presentes nos drinques.

Menos sal, mais pimenta

Temperos são ótimas pedidas para dar mais sabor à sua comida sem precisar recorrer tanto ao sal, uma medida que também ajuda no combate a pressão alta. “Além de ser termogênica (aumenta o gasto de calorias), quando tem mais pimenta no prato existe menos necessidade de sal e assim diminuímos a retenção de líquidos”, completa.

Tags: , ,