Número de estupros foi o maior desde agosto de 2013 em SP/Thinkstock
Comportamento Mulher

Março teve o maior número de casos de estupro desde 2013 em São Paulo

Infelizmente, quando o assunto é violência sexual contra a mulher, o cenário ainda é bastante desanimador. A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo divulgou que, apenas no mês de março, foram registrados 978 casos de estupro, cerca de 32 por dia – o maior número desde agosto de 2013, que teve 1.016 ocorrências.

+ Seu filho sofre de ansiedade? Saiba os possíveis motivos e o que fazer!

+ Será? Xingar e falar palavrão dão força para desempenhar atividades difíceis

+ Você já ouviu falar em micro tédio? Conheça os detalhes desse fenômeno da vida moderna

O levantamento reúne dados do crime desde janeiro. Nesse período, foram computadas 2.667 ocorrências no estado. Desses, 1.794 foram estupros de vulneráveis – segundo a lei, vulnerável é o menor de 14 anos ou pessoas que têm alguma doença ou deficiência mental, não tendo o necessário discernimento para praticar o ato ou que não tem condições de oferecer resistência.

Os dados da Secretaria de Segurança Pública apontam, ainda, um maior número de casos de estupro em regiões com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) mais baixo, caso do Capão Redondo.

A secretaria diz que os policiais civis da cidade passam por aulas específicas para prestar um melhor atendimento às vítimas desse tipo de crime. Com a divulgação desses números, a expectativa é contribuir para a prevenção.