Quatro grandes mitos sobre comer depois das 6 da tarde

Descubra o que tem por trás dessa “regra” para perder peso e se ela realmente é válida!

9 de janeiro de 2017 - por DaquiDali
Foto: vadimguzhva/istock

São muitos os truques, macetes, gambiarras e “regras” que existem para perder peso. Mas um em especial é bem levado a sério. “Criou-se uma ideia de que comer carboidratos depois das 18h é um crime, e que a pessoa vai engordar se não respeitar esse horário limite. Mas isso não é verdade”, adianta a nutricionista Andrea Rahal.

+ Dez regras para emagrecer (e manter o peso)
+ Cinco pequenas adaptações na cozinha que te ajudam a emagrecer
+ Não consegue emagrecer? Veja os problemas que podem interferir

Foto: IngaNielsen/istock

Escolher os carboidratos certos e na quantidade adequada, permite com que você coma a noite sem se preocupar em engoradar. Foto: IngaNielsen/istock

Todos o carbos engordam

Se você escolher comer doces, massas, pães e bolachinhas independente do horário, isso vai acarretar provavelmente um aumento de peso e problemas na sua saúde. “Agora, se falarmos de carboidratos de boa qualidade como abóbora, batata doce e mandioca, certamente o dano não será tão grande se comparado com o consumo de carboidratos refinados. Essa troca por carboidratos de melhor qualidade traz um ótimo resultado, pois você está diminuindo a quantidade de açúcar ingerida. Ou seja, vai continuar comendo carboidrato, mas vai emagrecer, porque a qualidade dele é melhor”, explica Andrea.

Só um pouquinho não vai fazer mal

O que importa é a quantidade que se come e o seu objetivo, mas é claro, que o horário pode influenciar nos resultados, sim. De acordo com Rahal, “se uma pessoa quer emagrecer, o melhor seria evitar os carboidratos à noite. Neste horário não teremos um gasto energético considerável para poder utilizá-lo como fonte de energia”.

Foto: VankaD/istock

Cortar o jantar ou comer muito pouco são atitudes que colaboram para você não queimar calorias. Foto: VankaD/istock

Parar de jantar emagrece

Quando você não come, o corpo entende que você está “passando fome” e assim faz todo o esforço possível para poupar energia, ou seja, ele não queima calorias como se deve para eliminar a gordura. Sendo assim, ficar sem jantar, definitivamente, não é a solução. “Hoje nós temos o hábito de jantar mais tarde, então, ao invés de comer aquele pãozinho com manteiga, ou aquele rápido macarrão instantâneo, seria interessante optar por alimentos mais leves como salada, legumes e uma fonte de proteína. Além de não comprometer sua silhueta, você vai se sentir saciada, só que leve. Isso contribui, inclusive, para um sono reparador, que te permite acordar melhor e ter mais disposição até para uma rotina que inclui exercícios físicos”, diz a especialista.

Não preciso ir ao nutricionista, tem tudo na internet

A internet é uma plataforma aberta, ou seja, qualquer pessoa tem acesso. Sendo assim, como tem muita informação verídica e confiável, também tem muito truques e dicas erradas. “Um exemplo simples: se a pessoa tem o objetivo de aumentar a massa muscular, pode ser que seja interessante comer o carboidrato à noite. Entretanto, tudo é muito individual, por isso só um nutricionista vai poder alinhar uma estratégia alimentar condizente com o objetivo dessa pessoa”, lembra a profissional.

Tags: , , , ,