Como fazer uma faxina emocional para começar o ano renovada

Limpar a casa é bom, mas limpar a alma é melhor ainda

11 de janeiro de 2017 - por Marcell Filgueiras
Foto: SanneBerg/istock

O ano virou, e a hora é perfeita para se livrar das impurezas como sentimentos ruins e aprender a lidar melhor com quem não te faz bem. “O processo de ‘faxina emocional’ é muito importante para avaliarmos o que trazemos e o que levaremos. É preciso olhar para dentro e escolher que tipo de futuro pretende escrever e vivenciar”, diz o psicólogo e coach Andre Melo, que traz cinco dicas para essa “faxina da alma”.

+ Elimine da rotina! Oito hábitos que podem estar “sugando” a sua energia
+ Para um 2017 com menos intolerância! Saiba o que é o comportamento e como evitá-lo
+ Entenda como o “achismo” é um comportamento que pode atrapalhar sua vida

Olhe para frente

Se você tiver que tirar algo do passado, que sejam boas memórias e lições de vida, apenas. Ficar remoendo o que aconteceu de ruim é um baita atraso! “Muitas vezes deixamos que situações passadas nos prendam e impeçam de seguir e viver. O ano está apenas começando e cada dia traz a oportunidade de fazermos diferente o que fizemos antes, de escolhermos o caminho a seguir. Por isso, sentimentos passados que não são tão agradáveis, talvez devam ficar onde eles pertencem”.

Foto: Melpomenem/istock

Foto: Melpomenem/istock

Faça as pazes com seu passado

Para olhar para frente, você precisa resolver o que ficou para trás. Sendo assim, faça as pazes não apenas com pessoas, mas consigo mesma. Segundo Andre, “escolhas impensadas, atitudes impulsivas, energia desgastada, etc., por mais que possa gerar culpa ou arrependimento, estão no passado. Aprenda, através das atitudes, o que fazer para evitar a repetição do erro”.

Fique com o que é bom

Mantenha as pessoas, as atitudes, as experiências e os sentimentos que são bons, que fazem bem. “Por que carregar o peso de sentimentos ruins? O que ganha com isso? Por que não se despir do que está sobrando e, quem sabe, dar espaço para o que faz bem, o que acrescenta e eleva? De tudo o que trouxe até aqui, o que pode manter para si e o que pode deixar para trás?”, questiona Melo.

Foto: shironosov/istock

Foto: shironosov/istock

Mantenha-se aberta para o novo

Você não fica feliz quando ganha algo novo? Então, fique ligada no que a vida tem para te dar! “Todos os dias há a possibilidade de aprender, crescer e renovar-se. Com o começo do ano também trazemos o conceito de que novas coisas estão por vir, então abrace-as! Inclusive, o que acha de novas atitudes? Fazer coisas que não havia feito antes, abraçar mais, permitir-se novas experiências e até novas pessoas, que tragam boas energias”, sugere o profissional.

Avalie seus sentimentos

Saiba o que você sente! Olhe para dentro e separe o que te dá boas e o que te dá más sensações e traga com você o que for positivo. O psicólogo esclarece: “dentro de tudo isso, o que carrega consigo? Faça uma breve reflexão e pense se vale a pena trazer absolutamente tudo o que viveu e sentiu até o momento. E, principalmente, o que pretende continuar carregando para os dias que vem por aí”.

Tags: , , , ,