Foto: Thinkstock
Colunistas Roseli Ninomiya

Você precisa mesmo ficar sem glúten e lactose?

Atualmente não há pesquisas conclusivas sobre a possível inflamação causada pelo glúten e lactose que sustentem sua isenção na alimentação habitual de pessoas saudáveis. E também sobre a redução de peso. Conclui-se que aqueles que retiram o glúten e a lactose tendem a ingerir menos calorias de carboidratos e por isso conseguem reduzir o peso e massa gorda.

A dieta sem glúten, na verdade, é recomendada para pessoa com doença celíaca. Ela tem uma intolerância permanente ou alergia ao glúten, uma proteína encontrada em cereais como trigo, cevada e centeio. A aveia não tem glúten, porém é cultivada normalmente na mesma área de cultivo desses grãos, em um processo chamado de rotação, e por isso poderá apresentar traços de glúten. O tratamento é a exclusão do glúten por toda a vida para que ela não sofra com as inflamações intestinais e seus efeitos colaterais, além de prejudicar a absorção de nutrientes.

A dieta sem lactose, por sua vez, é para indivíduos que apresentam intolerância a lactose, ou seja, há uma deficiência na produção da enzima lactase necessária para a digestão da lactose (presente no leite e seus derivados). Os sintomas são diarreia, distensão abdominal, cólicas. Existem vários graus de intolerância a lactose, por isso há pessoas que conseguem ingerir pequenas quantidades dos produtos lácteos, e outras que necessitam a exclusão total.

Enquetes

enquete

Que delícia junina te faz esquecer a dieta?

Carregando ... Carregando ...

Publicidade