Saudável sim! Reduza o sal de maneira inteligente na sua alimentação

Algumas dicas podem ajudar nessa missão, que pode parecer complicada à primeira vista

5 de setembro de 2016 - por Roseli Ninomiya
Foto: Thinkstock

Você acha que consome certo o sal? Está de acordo com as recomendações diárias? Sabia que essa quantidade recomendada equivale a 1 colher (chá) sal?

Se você quer ficar com sua alimentação saudável, não foque apenas nos carboidratos, gorduras e diminuição dos produtos industrializados: reduza seu consumo de sal, assim contribuirá para a saúde do seu coração e a prevenção da pressão alta.

Para ajudar neste desafio, siga estas dicas:

Troque o sal por temperos frescos como salsa, manjericão, tomilho, alecrim, cebolinha, alho, cebola, entre outras;

Dispense os alimentos prontos e congelados, pois muitas vezes eles são ricos em sódio (2 g de sódio equivalem a pouco menos que 5 g de sal);

Leia os rótulos dos alimentos, preste atenção na tabela nutricional e lista de ingredientes;

– Controle o sal e o sódio na cozinha, planeje seu cardápio para não cometer excesso;

– Lanches podem ser vilões, prefira sempre frutas frescas, iogurtes, oleaginosas, como castanhas nozes sem sal, e barras de cereal;

Faça as refeições em casa sempre que possível, isso ajudará a fazer escolhas inteligentes;

Fuja da armadilha que é ter um saleiro à mesa. Foto: Thinkstock

Fuja da armadilha que é ter um saleiro à mesa. Foto: Thinkstock

– “Fuja” do tradicional saleiro sobre a mesa;

– E não duvide que o excesso de sal faz mal a saúde

Diminuir o sal não significa que a comida ficará sem graça. Você pode usar vários temperos naturais para dar um toque no sabor. Lembre que toda mudança de hábito precisa de paciência. Se você tem dúvidas sobre isso, procure um nutricionista.

Tags: , , , ,