Daqui Dali

Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

Posts com a Tag ‘Sustentabilidade’

Pratos feitos de folhas? Essa é a aposta de uma universidade para produzir menos lixo

quinta-feira, 21 de abril de 2016

 

 

Eu mostrei por aqui, não faz muito tempo, que um empresário indiano criou talheres comestíveis com o intuito de frear o consumo de itens descartáveis à base de plástico em seu país. Essa, felizmente, não é a única iniciativa para um mundo com menos lixo.

 

Em uma das minhas andanças pela internet, li a respeito de um projeto da Universidade de Naresuan, na Tailândia, que utiliza folhas típicas da região para fazer pratos tão resistentes quanto inofensivos para a natureza.

 

 

De acordo com um jornal local e com sites especializados em sustentabilidade, depois de alguns estudos, os pesquisadores descobriram que as folhas da tanga kwao, sak e sai são ideais para produzir as peças. Além disso, para deixar os utensílios ainda mais resistentes, foi usado amido no lugar do verniz.

 

A equipe defende que os pratos são resistentes até mesmo a água quente. Depois de descartado, no entanto, ele começa a se degradar – principalmente se for deixado em uma área de vegetação. Ótima ideia, não é?

 

Artista constrói mais de 3.500 casas para manter pássaros nas cidades

quarta-feira, 16 de março de 2016

 

 

casa_passaro

 

Hoje, com tanta modernidade, as cidades em que nós vivemos crescem cada vez mais. Mas, com menos árvores e mais asfalto, onde vão parar os pássaros? Essa é a preocupação do artista e designer Thomas Dambo, que vive na Dinamarca. Apaixonado por aves, ele constrói casas de madeira especiais para elas ao redor do mundo.

 

casa_passaro4

 

E esse projeto já tem um bom tempo! Thomas se dedica a ele há sete anos, período em que criou mais de 3.500 casas de vários tipos: coloridas, camufladas em muros e até em formato de pássaros ­– todas feitas com restos de madeira.

 

casa_passaro3

 

O artista gosta de trabalhar com materiais reciclados que encontra nas lixeiras das cidades. Com isso, ele quer inspirar as pessoas a usarem restos de materiais e sucata como um precioso recurso. Aliás, uma de suas séries de casas de passarinhos foi feita com pedaços de skates quebrados. Muito criativo!

 

casa_passaro2

 

Em seu site, Thomas conta que desenvolveu esse trabalho não só para oferecer um abrigo para as aves nos centros urbanos, mas também para lembrar que nós, moradores das cidades, temos que deixar um espaço para os pássaros e para a natureza na nossa vida. Uma mensagem linda e necessária, não é mesmo?

 

Artista cria obra de arte com mais de 1900 vidros de esmalte

domingo, 13 de março de 2016

 

 

esmalte1

 

Para um artista criativo e talentoso, qualquer objeto cotidiano pode virar inspiração. O resultado disso é que, hoje, vemos lindas obras de arte não só feitas de tinta, mas criadas com alimentos, sucata e todo tipo de material. Pois foi essa vontade de criar algo diferente e inusitado que levou a artista lituana Agne Kisonaite a adotar vidros de esmalte para uma de suas criações.

 

esmalte2

 

Agne conta que, quando pintava as unhas, sempre ficava impressionada com a beleza das cores dos esmaltes através do vidro. Então teve a ideia de conceber uma obra colando várias unidades do produto sobre uma mesma superfície. Assim surgiu o trabalho “Glass Blowing” (soprando vidro, em tradução livre), que une nada menos do que 1969 embalagens!

 

esmalte4

 

Mas não pense que o trabalho da artista foi fácil. Primeiro, ela precisou produzir o desenho que serviria de base para a obra e ampliá-lo várias vezes em uma folha de papel. Depois, teve que coletar os vidros de esmalte – Agne juntou 5 mil deles! – e limpar um a um, para tirar os restos do produto da embalagem.

 

esmalte3

 

Em seu trabalho, a lituana chama atenção para a importância da reciclagem e do consumo responsável dos cosméticos. A artista conta, por exemplo, que a cada quatro segundos alguém compra um batom ao redor do mundo, mas o produto não pode ser reciclado, então também virou matéria-prima para suas obras. Com mais de 18 mil batons, a artista criou uma torre exposta em Hong Kong que tem mais de 3 metros de altura!

 

batom

 

Impressionante, não? Além de celebrar a beleza das cores, Agne dá uma mãozinha para a sustentabilidade do nosso planeta e nos inspira a fazer o mesmo. Que tal reaproveitar as embalagens de cosméticos que você tem por aí e criar algo divertido?

Em que mundo você quer viver no futuro? A escolha começa agora

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

 

 

Você já ouviu que todo dia é uma nova chance de mudar o seu futuro? Eu acredito que isso também é verdadeiro quando se trata do destino do planeta: sempre é tempo de começar a fazer o bem e a pensar no meio ambiente para que essas ações reflitam mais adiante.

 

 

É mais ou menos isso que passa uma campanha criada na Suécia. Já em seu início, o filme frisa: “pequenas escolhas podem fazer uma grande diferença” (Clique aqui para assistir). Na sequência há uma rápida explicação para que você arraste com o mouse para a direita ou para a esquerda para ver cenários diferentes de como o mundo pode estar em 30 anos.

 

 

Uma possibilidade é linda, ensolarada, movida à energias limpas, como a eólica, e realmente animadora. A outra, bastante sombria, é poluída, fria, com um trânsito cada vez mais congestionado, água escassa e pessoas usando máscaras nas ruas.

 

 

E a mensagem é muito simples, não é? A escolha do planeta que a gente quer começa em cada pequena ação pessoal, na pressão aos governos e grandes empresas e em hábitos saudáveis. Impactante e necessário.

Brando Resort

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Quem não conhece Marlon Brando? Esse ator americano superpremiado que fez vários papeis maravilhosos no cinema morava em uma ilha que ele comprou na Polinésia Francesa. Um paraíso!

E agora a ilha do galã está aberta ao público. Isso mesmo foi construído um resort de luxo no lugar onde ele morava, e o nome não podia ter mais glamour: The Brando.

Os planos começaram em 1999. A ideia sempre foi criar um lugar sustentável e que permitisse a visita do público sem prejudicar a biodiversidade do local.

Um lugar maravilhoso e ecologicamente correto. Adorei!

Dá vontade de ir pra lá agora, né?

Beijo,

Li