Daqui Dali

Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

Posts com a Tag ‘Pintura’

Pintora russa completa paisagens com trabalho em aquarela

sábado, 7 de maio de 2016

 

 

Você já admirou tanto uma paisagem que teve vontade de transformá-la em um quadro? A talentosa Elena Efremova decidiu dar um passo além nessa vontade: ela fotografa as regiões por onde viaja, faz uma pintura com um dos detalhes do local, e depois sobrepõe as duas obras.

 

 

Quer saber mais? A artista russa é especializada em aquarela e usa esse dom para retratar os ambientes por onde passa. Do mesmo ângulo que pintou, Elena fotografa um quadro mais aberto. Por fim, as duas imagens viram um único e surpreendente clique.

 

 

Além da Rússia, a artista já trabalhou na França, na Itália e em outros lugares da Europa. Seu Instagram está repleto de imagens de tirar o fôlego… É quase como viajar sem precisar de passaporte.

 

 

Nada de fotos! Artista documenta dois anos de viagens com pinturas

domingo, 21 de fevereiro de 2016

 

 

Em um desses momentos em que a internet te apresenta boas surpresas, conheci o trabalho de Missy H. Dunaway, uma artista que decidiu documentar dois anos de viagens com pinturas de paisagens e percepções dos lugares onde passou.

 

A grande sacada é que, para ganhar em agilidade e não ter que levar diversos materiais de pintura entre países, essa norte-americana recriou as cenas em cadernos superfáceis de transportar. “O projeto lentamente cresceu para uma coleção de cem paisagens que descrevem minha jornada por Nova York, Istambul, Turquia, Marrocos e Paris”, escreveu.

 

Para acompanhar cada uma das obras, Missy produziu uma legenda – algumas relacionadas às locações, outras ao momento da artista. Veja seu lindo trabalho:

 

“Visitando a Crimea Memorial Church em uma manhã de sábado. Nunca fui uma pessoa religiosa, mas às vezes eu me encontro em um lugar onde me sinto confortada e penso, sim, deve ser assim que é a fé”, diz a legenda essa obra sobre a Turquia.

 

“Acabei dormindo enquanto as Prince Islands e as gaivotas passavam”, anotou sobre esse outro lugar, também na Turquia.

 

“Vamos chamar esse lugar de lar por um tempo”, escreveu sobre Paris.

 

 

“Toda noite o deserto do Saara enche minha cabeça de estrelas”.

 

Já pensou em se ver dentro de uma das pinturas de Van Gogh? Agora é possível

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

 

 

Outro dia mostrei aqui no blog um projeto de realidade virtual capaz de te colocar dentro de um dos quadros de Salvador Dalí e comentei o quanto seria legal poder se sentir no centro de uma obra de arte. E, para promover uma exposição sobre Vincent Van Gogh, o Instituto de Arte de Chicago fez quase isso.

 

 

Eles reproduziram à perfeição “Quarto em Arles”, uma das pinturas mais conhecidas do holandês, em todos os detalhes. As paredes, a cama, as cadeiras… cada cantinho lembra (e muito) a obra original.

 

 

Para deixar tudo ainda mais surpreendente, os responsáveis pela mostra – que fica em cartaz de 14 de fevereiro a 10 de maio – colocaram na internet um anúncio de aluguel do quarto: os interessados pagariam apenas dez dólares pela diária.

 

Acima, você vê o quadro original.

 

Sim, você leu direito, pagariam, porque, de acordo com o site “The Verge” o cômodo não está realmente à disposição para o pernoite, ele pode apenas ser visitado pelos turistas. Ainda assim, esses minutos devem ser incríveis, não é? Adorei a ideia!

 

Museu transforma obras clássicas em memes divertidos

quarta-feira, 22 de julho de 2015

 

Como fazer peças de arte do século XVIII populares entre adolescente e jovens? Lucy Redoglia, responsável pelas redes sociais do Los Angeles County Museum of Art (Lacma), encontrou essa resposta de uma maneira muito simples: ela transformou algumas das obras expostas na instituição em que trabalha em memes superpopulares na internet.

 

 

Para isso, a Social Media une quadros e esculturas a frases e músicas que já estão no imaginário de quem usa a web. Acima, por exemplo, o retrato recebe a legenda “Bad Hair Day” (que em português seria algo como dia em que o cabelo se recusa a ficar arrumado), um meme muito conhecido. Em outra, a escultura recebe uma simpática língua de fora e o escrito “Wazzup?” (o que poderia ser traduzido como “tudo bem?”), fala popular do personagem Joey, do seriado “Friends”, e também na comédia “Todo Mundo em Pânico”.

 

 

Simples e genial, essa associação deu tão certo que as imagens, originalmente postadas no Snapchat, foram espalhadas por toda a rede. Afinal, é ou não divertidíssimo imaginar os três jovens músicos pintados pelo francês Antoine Le Nain cantando “MMMBop”, hit dos Hanson? Ou encontrar uma escultura capaz de fazer a coreografia de Beyoncé em “Single Ladies”?

 

A ideia, claro, é que essa brincadeira aguce a curiosidade de quem a reproduz para conhecer as obras originais e, por conta disso, alavancar as visitas ao Lacma. Tem tudo para dar certo, não?

 

“Kandinsky: Tudo Começa num Ponto” chega a São Paulo

quinta-feira, 9 de julho de 2015

 

Cores diversas e muitas sensações dão o tom à obra de Wassily Kandinsky, precursor do abstracionismo celebrado na mostra “Tudo Começa Num Ponto”, em cartaz em São Paulo até o dia 28 de setembro no Centro Cultural Banco do Brasil. Um programão para aproveitar o feriado prolongado estadual, não é?

 

 

Por lá, é possível apreciar 153 obras e objetos de Kandinsky, de artistas contemporâneos e daqueles que influenciaram o seu trabalho. De acordo com os responsáveis pela exposição, que já passou por Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, ela contempla a coleção do Museu Estatal Russo de São Petersburgo, peças de outros museus da Rússia e coleções vindas de mais países da Europa.

 

Entre os destaques estão as pinturas “São Jorge” e “Crepuscular”, além de vitrais pintados por ele em conjunto com sua então mulher, Gabriela Münter, que colocam os holofotes sobre uma faceta mais lúdica do artista. Há ainda uma atividade interativa para os visitantes se sentirem imersos no universo de Kandinsky.

 

 

Precisa de mais algum motivo para passear pela exposição? Esse programa cultural para a família toda é grátis! Para ter informações detalhadas sobre a programação e a visitação, clique aqui.