Daqui Dali

Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

Posts com a Tag ‘Oscar 2017’

“La La Land” leva seis estatuetas no Oscar: assista à versão em 8-Bit do musical

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

 

 

Surpresa, diversão e até uma inesperada pitada de emoção fizeram parte da 89ª edição do Oscar, realizada na noite de domingo (26). Entre discursos políticos – principalmente contrários às decisões do atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump –, piadas com o mercado da sétima arte e muito glamour, três filmes se destacaram como os grandes nomes da noite.

 

O drama “Manchester à Beira-mar” levou as estatuetas de roteiro original e melhor ator para Casey Affleck. “Moonlight”, que abocanhou as categorias de roteiro adaptado e de ator coadjuvante (Mahershala Ali), também foi considerado o melhor filme do ano – apesar de uma troca de envelopes ter apontado erroneamente “La La Land: Cantando Estações” como o vencedor.

 

Mesmo com o climão de ter que devolver o troféu de melhor película no palco do Oscar, o musical foi o maior vencedor da noite, com prêmios para atriz (Emma Stone), diretor (Damien Chazelle), música original (“City of Stars”), trilha sonora, fotografia e design de produção.

 

Quer relembrar esse recordista de indicações ao Oscar ou saber do que se trata o enredo? O canal CineFix criou um divertido resumo em 8-Bit, a linguagem dos videogames antigos. Em pouco mais de dois minutos é possível ver como o pianista Sebastian e a aspirante a atriz Mia se conhecem, como se apaixonam e os problemas que enfrentam. O único alerta é que o clipe tem diversos spoilers – até mesmo do final! Então, se você pretende se encantar com a obra original, só assista à versão game depois, ok?

 

 

Fofura e criatividade! Mãe e filhos recriam cenas de filmes indicados ao Oscar 2017

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

 

Em 2016, eu mostrei aqui no blog o trabalho de uma família norte-americana que decidiu recriar as cenas dos filmes indicados ao Oscar de uma maneira fofa e divertida. E agora eles estão de volta com os candidatos do ano.

 

Cena do filme La La Land - Cantando Estações

Cena do filme “La La Land – Cantando Estações”

 

A mãe, Maggie Storino, produz os filhos pequenos – Sophia, Sadie e Sloan – e usa muita criatividade para fazer os cliques. O projeto, que nasceu em 2012, tem nome (“Don’t Call Me Oscar”, não me chame de Oscar, em tradução livre para o português) e endereço (clique aqui para acessar o tumblr), e se transformou em uma grande festa para as crianças.

 

Filme A Qualquer Custo

Representação de “A Qualquer Custo” teve direito a bigode falso

 

Nessa cena de "Manchester à Beira-Mar", o irmão mais novo virou uma gaivota muito fofa

Nessa cena de “Manchester à Beira-Mar”, o irmão mais novo virou uma gaivota muito fofa

 

Para "Estrelas Além do Tempo" foi necessário recorrer aos amiguinhos

Para “Estrelas Além do Tempo” foi necessário recorrer aos amiguinhos

 

Eu adorei! E você, o que achou?

 

 

 

 

De olho no Oscar: vídeo mostra todos os vencedores da categoria efeitos visuais

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

 

Os cinéfilos de carteirinha já estão naquela ansiedade por conta da aproximação do Oscar, cerimônia que vai acontecer nesse domingo (26). E, para deixar o momento ainda mais interessante, estão brotando pela internet os tradicionais vídeos que compilam vencedores de todos os tempos.

 

Já mostrei por aqui o clipe que o canal Burger Fiction fez com os ganhadores da estatueta de Melhor Fotografia. Agora foi a vez de a página homenagear os agraciados com o prêmio de Melhores Efeitos Visuais. É maravilhoso ver como a criatividade e a tecnologia se ajudam e se completam para transformar em imagem o que é apenas sonho e imaginação:

 

 

Como a própria descrição do vídeo lembra, essa premiação sofreu algumas mudanças ao longo de sua trajetória. O primeiro filme a ganhar o Oscar na categoria como conhecemos hoje foi “Cleópatra”, em 1963.

 

Para admirar: vídeo reúne todos os vencedores do Oscar de Melhor Fotografia

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

 

Como já te contei por aqui, a entrega dos Oscar será realizada no dia 26 de fevereiro. E, com a proximidade dessa festa, nada melhor do que falar sobre o cinema, não é? Para celebrar ainda mais a Sétima Arte, um canal chamado “Burguer Fiction” uniu em um vídeo todos os vencedores da premiação na categoria de Melhor Fotografia.

 

No clipe, é possível ver desde o primeiro ganhador, “Aurora (1927), até o último, “O Regresso”. Apesar de mostrar apenas um pequeno trecho de cada um, em apenas sete minutos, dá para perceber como o cinema foi mudando e se adaptando às novas tecnologias para criar imagens inesquecíveis. Assista:

 

 

Muito legal, não é? Para te ajudar a curtir ainda mais essa montagem (e até assistir alguns dos homenageados), segue abaixo a imensa lista dos longas exibidos no vídeo:

 

Aurora (1927/28) – Charles Rosher & Karl Struss

Deus Branco (1928/29) – Clyde De Vinna

With Byrd At The South Pole (1929/30) – Joseph T. Rucker & Willard Van der Veer

Tabu (1930/31) – Floyd Crosby

O Expresso de Shangai (1931/32) – Lee Garmes

Adeus às Armas (1932/33) – Charles Lang

Cleopatra (1934) – Victor Milner

Sonho de uma Noite de Verão (1935) – Hal Mohr

Adversidade (1936 B&W) – Tony Gaudio

O Jardim de Alá (1936 COLOR) – W. Howard Greene & Harold Rosson

Terra dos Deuses (1937 B&W) – Karl Freund

Nasce Uma Estrela (1937 COLOR) – W. Howard Greene

A Grande Valsa (1938 B&W) – Joseph Ruttenberg

Canção de Amor (1938 COLOR) – Oliver T. Marsh & Allen Davey

O Morro dos Ventos Uivantes (1939 B&W) – Gregg Toland

…E o Vento Levou (1939 COLOR) – Ernest Haller & Ray Rennahan

Rebecca (1940 B&W) – George Barnes

O Ladrão de Bagdá (1940 COLOR) – Georges Perinal

Como Era Verde o Meu Vale (1941 B&W) – Arthur C. Miller

Sangue e Areia COLOR) – Ernest Palmer & Ray Rennahan

Rosa da Esperança (1942 B&W) – Joseph Ruttenberg

O Cisne Negro (1942 COLOR) – Leon Shamroy

A Canção de Bernadette (1943 B&W) – Arthur C. Miller

O Fantasma da Ópera (1943 COLOR) – Hal Mohr & W. Howard Greene

Laura (1944 B&W) – Joseph LaShelle

Wilson (1944 COLOR) – Leon Shamroy

O Retrato de Dorian Gray (1945 B&W) – Harry Stradling

Amar Foi Minha Ruína (1945 COLOR) – Leon Shamroy

Ana e o Rei do Sião (1945 B&W) – Arthur C. Miller

Virtude Selvagem (1946 COLOR) – Charles Rosher, Leonard Smith & Arthur E. Arling

Grandes Esperanças (1947 B&W) – Guy Green

Narciso Negro (1947 COLOR) – Jack Cardiff

Cidade Nua (1948 B&W) – William H. Daniels

Joana D’Arc (1948 COLOR) – Joseph A. Valentine, William V. Skall & Winton Hoch

O Preço da Glória (1949 B&W) – Paul C. Vogel

Legião Invencível (1949 COLOR) – Winton Hoch

O Terceiro Homem (1950 B&W) – Robert Krasker

As Minas do Rei Salomão (1950 COLOR) – Robert Surtees

Um Lugar ao Sol (1951 B&W) – William C. Mellor

An American In Paris (1951 COLOR) – Alfred Gilks & John Alton

Assim Estava Escrito (1952 B&W) – Robert Surtees

Depois do Vendaval (1952 COLOR) – Winton Hoch & Archie Stout

A um Passo da Eternidade (1953 B&W) – Burnett Guffey

Os Brutos Também Amam (1953 COLOR) – Loyal Griggs

Sindicato de Ladrões (1954 B&W) – Boris Kaufman

A Fonte dos Desejos (1954 COLOR) – Milton R. Krasner

A Rosa Tatuada (1955 B&W) – James Wong Howe

Ladrão de Casaca (1955 COLOR) – Robert Burks

Marcado pela Sarjeta (1956 B&W) – Joseph Ruttenberg

A Volta ao Mundo em 80 Dias (1956 COLOR) – Lionel Lindon

A Ponte do Rio Kwai (1957) – Jack Hildyard

Acorrentados (1058 B&W) – Sam Leavitt

Gigi (1958 COLOR) – Joseph Ruttenberg

O Diário de Anne Frank (1959 B&W) – William C. Mellor

Ben-Hur (1959 COLOR) – Robert Surtees

Filhos e Amantes (1960 B&W) – Freddie Francis

Spartacus (1960 COLOR) – Russel Metty

Desafio à CorrupçãoB&W) – Eugen Schufftan

Amor, Sublime Amor (1961 COLOR) – Daniel L. Fapp

O Mais Longo dos Dias (1962 B&W) – Jean Bourgoin & Walter Wottitz

Lawrence daArabia (1962 COLOR) – Freddie Young

Hud (1963 B&W) – James Wong Howe

Cleopatra (1963 COLOR) – Leon Shamroy

Zorba, o Grego (1964 B&W) – Walter Lassally

My Fair Lady (1964 COLOR) – Harry Stradling

A Nau Dos Insensatos (1965 B&W) – Ernest Laszlo

Doutor Jivago (1965 COLOR) – Freddie Young

Quem tem medo de Virginia Woolf? (1966 B&W) – Haskell Wexler

O Homem Que Não Vendeu Sua Alma (1966 COLOR) – Ted Moore

Bonnie e Clyde (1967) – Burnett Guffey

Romeu e Julieta (1968) – Pasqualino De Santis

Butch Cassidy (1969) – Conrad L. Hall

A Filha de Ryan (1970) – Freddie Young

Um Violinista No Telhado (1971) – Oswald Morris

Cabaret (1972) – Geoffrey Unsworth

Gritos e Sussurros (1973) – Sven Nykvist

Inferno na Torre (1974) – Fred J. Koenekamp & Joseph F. Biroc

Barry Lyndon (1975) – John Alcott

Esta Terra é Minha (1976) – Haskell Wexler

Contatos Imediatos do Terceiro Grau (1977) – Vilmos Zsigmond

Cinzas no Paraíso (1978) – Nestor Almendros

Apocalypse Now (1979) – Vittorio Storaro

Tess – Uma Lição de Vida (1980) – Geoffrey Unsworth & Ghislain Cloquet

Reds (1981) – Vittorio Storaro

Gandhi (1982) – Billy Williams & Ronnie Taylor

Fanny e Alexander (1983) – Sven Nykvist

Os Gritos do Silêncio (1984) – Chris Menges

Entre Dois Amores (1985) – David Watkin

A Missão (1986) – Chris Menges

O Último Imperador (1987) – Vittorio Storaro

Mississippi em Chamas (1988) – Peter Biziou

Tempo de Glória (1989) – Freddie Francis

Dança com Lobos (1990) – Dean Semler

JFK (1991) – Robert Richardson

Nada é Para Sempre (1992) – Philippe Rousselot

A Lista de Schindler (1993) – Janusz Kaminski

Lendas da Paixão (1994) – John Toll

Coração Valente (1995) – John Toll

O Paciente Inglês (1996) – John Seale

Titanic (1997) – Russell Carpenter

O Resgate do Soldado Ryan (1998) – Janusz Kaminski

Beleza Americana (1999) – Conrad L. Hall

O Tigre e o Dragão (2000) – Peter Pau

O Senhor dos Anéis – A Sociedade do Anel (2001) – Andrew Lesnie

Estrada para Perdição (2002) – Conrad L. Hall

Mestre dos Mares – O Lado Mais Distante do Mundo (2003) – Russell Boyd

O Aviador (2004) – Robert Richardson

Memórias de uma Gueixa (2005) – Dion Beebe

O Labirinto do Fauno (2006) – Guillermo Navarro

Sangue Negro (2007) – Robert Elswit

Quem Quer Ser um Milionário? (2008) – Anthony Dod Mantle

Avatar (2009) – Mauro Fiore

A Origem (2010) – Wally Pfister

A Invenção de Hugo Cabret (2011) – Robert Richardson

As Aventuras de Pi (2012) – Claudio Miranda

Gravidade (2013) – Emmanuel Lubezki

Birdman (2014) – Emmanuel Lubezki

O Regresso (2015) – Emmanuel Lubezki

 

Vídeo de apenas dois minutos reúne principais indicados ao Oscar

sábado, 4 de fevereiro de 2017

 

Já começou a contagem regressiva para o Oscar, que será realizado em 26 de fevereiro. E, para celebrar a proximidade dessa tão tradicional festa do cinema, nada melhor do que assistir aos indicados, não é?

 

E para deixar os cinéfilos com ainda mais vontade de acompanhar a premiação e fazer suas apostas nos potenciais vencedores, o site Cineplex reuniu todos os concorrentes às principais categorias em um clipe de pouco mais de dois minutos.

 

Na montagem, é possível ver imagens do favorito, “La La Land: Cantando Estações”, dos elogiados “Até o Último Homem” e “Manchester à Beira-mar”, da animação “Moana” e muitos outros. Assista:

 

 

Muito legal, não é? Vários dos filmes estão em cartaz nos cinemas brasileiros e podem ser um ótimo programa para o fim de semana. Ah! E se você quer saber a relação completa de indicados, é só clicar aqui e ler a matéria no DaquiDali.