Daqui Dali

Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

Posts com a Tag ‘Esculturas’

Delicadas esculturas de papel retratam esportes olímpicos

sexta-feira, 15 de julho de 2016

paper-5

Os movimentos do corpo, a superação de desafios, o gosto da vitória… O esporte é cheio de detalhes e momentos emocionantes. E o que é melhor do que as Olimpíadas para celebrar todas essas emoções?

paper-3

Contagiada por esse clima, a artista Raya Bujana, de Barcelona, compôs uma série de esculturas de papel representando posições da prática de várias modalidades esportivas. Os atletas foram montados usando até 150 pedaços de papel, o que ajudou a transmitir uma ideia de movimento e profundidade.

paper-11

A ideia da série surgiu a pedido do fotógrafo venezuelano Leo García Méndez, que registrou a sequência de figuras.

paper-4

As fotos transmitem toda a delicadeza e, ao mesmo tempo, o esforço que os atletas precisam empregar nos movimentos para conquistar os lugares mais altos no pódio. Lindo e inspirador!

Polonês cria esculturas de bronze completas pela água

domingo, 10 de julho de 2016

 

bronze-fountain-sculptures-malgorzata-chodakowska-6-577e7fbf5184e__700

 

Escultura, para você, é sinônimo de figuras paradas, sem movimento algum? Pois não é o que acontece com as criações do polonês Malgorzata Chodakowska. Cheias de beleza e delicadeza, em suas fontes esculpidas em bronze, a água tem um papel superimportante.

 

bronze-fountain-sculptures-malgorzata-chodakowska-7-577e7fc213139__700

Com experiência de 30 anos, o artista leva de 2 a 6 meses para finalizar uma obra, dependendo da quantidade de detalhes dela. A modelagem das figuras é feita em argila e, depois, cobertas em bronze, para que possam se tornar fontes.

 

bronze-fountain-sculptures-malgorzata-chodakowska-4-577e7fb71e11a__700

Para Chodakowska, suas fontes transmitem a alegria de viver, combinando dois elementos tão diferentes como a água e o bronze.

 

Engel, Brunnen, Springbrunnen, Skulptur, Plastik aus Bronze von Malgorzata Chodakowska

O mais bonito é ver como os jorros de água complementam os contornos das figuras. São obras de arte que realmente impressionam.

 

Coreano reflete sobre a vida em coletivo com instalações gigantescas

sábado, 19 de março de 2016

 

do-ho-suh-1

 

Em tempos de muitas discordâncias, principalmente nas redes sociais, talvez você já tenha pensado sobre os limites da sua individualidade e da vida em coletivo. Pois você não é o único: o artista coreano Do Ho Suh dedica a sua obra a explorar essas fronteiras.

 

do-ho-suh-5

 

A pintura oriental e o serviço militar obrigatório que Do Ho Suh encarou na Coreia do Sul tiveram grande influência em seu trabalho. Por exemplo, uma de suas obras, chamada “Some/One” (alg/uns, em tradução livre), reúne placas de identificação militar para formar a imagem de um kimono coreano tradicional.

 

do-ho-suh-3

 

Com peças como essa, Do Ho Suh quer nos fazer pensar sobre o papel dos indivíduos na construção de um todo. Ele ainda reflete sobre o anonimato, esse sentimento de ser desconhecido no meio de uma multidão, por exemplo.

 

do-ho-suh

 

Além de divertir e emocionar, a arte também é uma ferramenta para provocar o debate e fazer a gente questionar nossas próprias opiniões. Que tal experimentar com esses trabalhos do Do Ho Suh?

 

Esculturas Coloridas

quarta-feira, 16 de julho de 2014

A inspiração faz coisas incríveis! Estas esculturas feitas com lápis de cor pela Jennifer Maestre mostram que o ponto de vista e a imaginação fazem toda a diferença.

Quem pensaria que esculturas com lápis ficariam tão bonitas? Tem formas que lembram bichos, flores e até algumas abstrações muito interessantes.

O efeito do relevo que os lápis fazem nas esculturas deixa tudo muito vívido. Alguns até parecem fofos ou aveludados ao toque. Outros parecem aqueles cristais, cheios de pontas.

Interessante.

Beijo,

Li

Esculpindo a água

terça-feira, 1 de julho de 2014

vimos muitas coisas esculpidas, mas jamais imaginei que seria possível ver esculturas do mar!

Ben Young é um especialista em esculpir vidro. O trabalho dele é simplesmente lindo! O efeito das ondas é impressionante, a cor e a sensação de profundidade também.

Ele não usa computadores e nem máquinas, ele mesmo desenha os efeitos e corta o vidro. É um trabalho totalmente manual, o que é muito legal pois hoje em dia quase tudo é feito através de máquinas.

Ben Young gosta de surfar, com certeza ele busca inspiração no amor que sente pelo mar pra fazer esta arte tão linda.

E você, se inspira em que quando faz algo? É sempre bom pensar em algo positivo pra fazer qualquer coisa!

Bjo,bjo,

Li