Daqui Dali

Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

Posts com a Tag ‘Amor de Mãe’

Com elementos do cotidiano e muito amor, mãe clica lindas fotos da filha

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

 

Já mostrei aqui no blog, algumas vezes, mães que encontram maneiras criativas de eternizar os primeiros anos de vida de seus bebês. Por isso, à primeira vista, a ideia de Krinzal Chauhan pode não parecer novidade: ela clica Shanaya, de um ano e quatro meses, em cenários divertidos que cria dentro de casa.

 

 

O diferencial, no entanto, é que essa indiana usa apenas elementos de seu cotidiano e recortes de papel para montar cada cena. Assim, cobertores podem se transformar em árvores, brinquedos em companheiros de aventura e peças de roupa em carrinhos ou suportes para um balanço. O resultado traz um encantador e carinhoso ar caseiro.

 

 

Ela conta que, assim que a pequena nasceu, conseguiu uma boa câmera. E, como toda mamãe coruja, começou a documentar todos os momentos fofos de sua filhinha. Foi inspirada pela trabalho profissional da californiana Sioin Queenie Liao que Krinzal decidiu colocar uma pitadinha de imaginação nesses retratos.

 

 

Os cliques passaram a fazer sucesso com amigos e familiares e, por isso, ela abriu uma página no Facebook, a Mommy Creates, para divulgar as imagens. Superfeliz com o resultado, ela conta que, devido ao crescimento da cada vez mais fofa Shanaya, precisou mudar um pouco sua estratégia de trabalho: antes, a mamãe fotógrafa montava todo o cenário enquanto a pequena estava dormindo, depois, colocava a estrela das fotos ainda aproveitando uma soneca sobre a montagem e aguardava o momento certo para registrar o momento.

 

 

Agora, com mais de um ano, a garotinha já se mostra bem mais serelepe. “Já houve momentos em que eu preparei tudo e ela estava tão ativa que acabou com toda a configuração. Acho que é preciso ter níveis elevados de paciência para qualquer trabalho que lide com bebês, mas o resultado final faz com que os esforços valham a pena”, contou ela, que também é professora da pré-escola.

 

Uma ótima ideia para quem quer fotografar os filhos de maneira única, mas sem muitos gastos, não é? Além disso, cada imagem dessas vai se tornar uma inesgotável fonte de lembranças e conversas entre essa mamãe e sua filha. Adoro!

 

 

Superação em família: garotinho de 10 anos ajuda no nascimento do irmão e salva sua vida

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

 

250820171

 

Ontem o blog te mostrou uma história de amor e conexão entre trigêmeos, que com apenas um mês de vida não querem se desgrudar. O post de hoje também aborda a ligação e o carinho fraternos – dessa vez, no entanto, esse vínculo teve início em um momento mais do que inesperado.

 

Jayden Fontenot, um garoto de apenas 10 anos, viveu uma experiência única ao ajudar a trazer seu irmão ao mundo. Quem conta essa história é a mãe das crianças, a americana Ashley Moreau, que no começo desse mês estava saindo do banheiro quando sentiu sua bolsa estourando.

 

Ela percebeu, ainda, que estava sangrando e que o bebê já ameaçava nascer, só que em uma posição de risco. Em um primeiro momento, a mulher chamou o filho apenas para pedir que ele recorresse à avó. A senhora, no entanto, ainda estava se recuperando de uma cirurgia na coluna e muito fraca para andar toda a casa, por isso apenas telefonou para a emergência.

 

“Falei ao Jayden: ‘você vai ter que fazer o parto do seu irmão, e vamos precisar ser rápidos’”, contou Ashley ao “Today”, frisando que já temia pela vida do bebê. “Ele disse: ‘me diga o que eu preciso fazer e eu farei’”.

 

Foi assim que, com as instruções da mãe, o garoto conseguiu mudar a posição do irmãozinho, trazê-lo ao mundo e ajudá-lo a respirar livremente. Apesar dos momentos de tensão, que em situações normais não seriam indicadas para crianças de 10 anos, Ashley acredita que Jayden reagiu bem a todo o ocorrido. Agora, o recém-nascido Daxx se recupera no hospital e deve receber alta em breve, graças ao irmão mais velho, que o aguarda em casa. Que os laços de amor entre eles só cresçam, não é?

 

Fotógrafa captura o exato momento em que homem descobre que vai ser pai

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

 

Você já quis guardar para sempre o momento em que deu uma notícia feliz para alguém e viu sua expressão se iluminando? Pois foi exatamente o que a norte-americana Chelsie Morales fez ao descobrir que estava grávida.

 

 

Poucos dias depois de receber a confirmação, ela arquitetou e colocou em prática um plano com a fotógrafa Kara Quinn, sua amiga de colégio: disse ao marido, Will, que por conta de uma promoção, os dois seriam os protagonistas de uma sessão de fotos.

 

“Eu pedi a eles que colocassem em um quadro negro três qualidades que admiravam um no outro. Will adorou a ideia”, contou a fotógrafa em sua página no Facebook. Ele, que escreveu que a mulher é “bonita”, “espirituosa” e inteligente”, nem podia imaginar a mensagem que veria na lousa de Chelsie: “você vai ser papai!”.

 

A reação dele, como é possível ver nas doces imagens abaixo, vai do choque à pura alegria. “Will passou o restante da sessão com um grande sorriso no rosto e repetindo ‘simplesmente não posso acreditar’”, revelou a futura-mamãe ao “Huffington Post”. “Se você perguntar para alguém que o conhece, vai saber que ele é simplesmente incrível com crianças. Então eu sabia que ele ficaria mais do que emocionado ao descobrir que estamos começando nossa própria família”.

 

 

 

E, se para o casal, esse foi um momento único, para Kara, a fotógrafa, também foi mais do que especial.  “Eu pude testemunhar a vida inteira de alguém mudando bem na minha frente“, disse ela. Uma linda surpresa e uma encantadora recordação, não é?

 

Mãe não segura as lágrimas ao ver a cor dos olhos dos filhos pela primeira vez

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

 

Não importa quão forte, destemida e guerreira seja uma mãe: seu filho sempre tem a capacidade de emocioná-la, não é? Um recente exemplo disso é o vídeo protagonizado por Erika Boozer, uma americana de 35 anos que, passou os últimos 8 anos sem poder enxergar cores.

 

Ela, que perdeu essa capacidade por conta da degeneração macular, ganhou – depois que a irmã entrou em um concurso – óculos especiais para voltar a ver o mundo em todos seus vibrantes tons. E esse momento único foi registrado em vídeo.

 

Na gravação, antes de colocar o acessório, Erika admite estar nervosa e animada com as possibilidades. Assim que posiciona o dispositivo, ela não consegue esconder a alegria. “Meu Deus, isso é incrível”, fala, ainda firme.

 

Seu filho, Micah, passa a perguntar de que cor são os balões que os rodeiam. A mãe responde corretamente e mostra muita animação. “Os meus olhos são de que cor?”, questiona o menino. Ela diz que são castanhos e o abraça. Já, nesse clima de emoção, a caçula, Carmen, também entra na brincadeira e indaga sobre a cor de seus olhos. “Oh, meu Deus, eles são de um lindo azul”, responde Erika, que não consegue mais segurar as lágrimas, mostrando que nenhuma cor no mundo é mais importante do que aquelas que rodeiam suas crianças. Lindo!

 

Assista abaixo (em inglês):

 

 

União e sustentabilidade: mãe usa as camisas do marido para criar lindos vestidos para as filhas

sábado, 5 de agosto de 2017

 

Ontem o blog te mostrou como uma mãe utilizou de alimentos saudáveis e muita imaginação para melhorar as refeições de sua filha de 2 anos e criar ainda mais laços com ela. Hoje, o clima de inventividade maternal continua com a história de Stephanie Miller, uma ex-professora de artes que canalizou seu talento e criatividade para produzir algo incrível e, de quebra, passar uma importante lição aos filhos.

 

 

Mãe de quatro crianças, dois meninos e duas meninas, ela se sentiu distante de sua veia artística depois da maternidade, mas viu um mundo de possibilidades surgir quando ganhou uma máquina de costura.

 

 

Stephanie conta que passou a produzir, com a ajuda de tutoriais da internet, bichos de pelúcia. Isso lhe deu uma nova confiança e, quando viu as camisas que seu marido pretendia jogar fora, teve uma grande ideia: “fiquei frustrada ao perceber que ele iria se livrar de peças tão novas, mas que tinham encolhido. Então as mantive na esperança de fazer algo com elas”, disse em entrevista recente.

 

http://instagram.com/p/BU-F631hGgE/

 

Depois de muito pensar, decidiu tentar fazer um vestido para as suas filhas, que adoraram o resultado. “Agora, quando estou lavando roupas, elas ficam de olho nas camisas do pai e apontam aquelas que gostariam de ver transformadas”.

 

http://instagram.com/p/BSKbYb9BGDR/

 

Aos poucos a brincadeira fashion cresceu e Stephanie começou a produzir modelos cada vez mais adoráveis. Isso, claro, aumentou a união da família e rendeu uma importantíssima lição de criatividade e sustentabilidade. “Eu quero melhorar o mundo que me rodeia através da minha arte e espero inspirar os outros a fazer o mesmo”.