Daqui Dali

Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

Arquivo da Categoria ‘Solidariedade’

Inclusão comovente: mãe desenvolve roupas para pessoas com deficiência

domingo, 25 de junho de 2017

 

Uma das coisas que faz o mundo ser tão bonito é a diversidade entre as pessoas. Já imaginou como a vida seria menos colorida se todos fossem iguais? Por outro lado, as pessoas que têm algum tipo de deficiência ainda sofrem porque não encontram um mundo realmente adaptado para elas. E coisas muito simples, como vestir uma roupa, abotoar uma camisa ou encontrar uma peça que sirva para você, podem ser motivo de dificuldade e frustração. Mas uma iniciativa emocionante criada nos Estados Unidos está mudando isso.

 

runway1

 

A fundação Runway of Dreams (algo como “passarela dos sonhos”) foi criada em 2014 por Mindy Scheier, uma estilista e mãe de uma criança com uma forma rara de distrofia muscular. Quando entrou na escola, seu filho queria usar calças jeans como seus coleguinhas, mas as peças disponíveis no mercado não se adaptavam a um aparelho que o menino precisa usar nas pernas. Foi nesse momento que Mindy pensou: “Bom, sou uma estilista, então posso fazer isso para ele!”.

 

 

Com sua experiência na área da moda, hoje, Mindy atua de várias formas: ela projeta e faz doações de peças para pessoas com deficiência, desenvolve ações para garantir emprego para essas pessoas, cria campanhas de conscientização, oferece workshops de formação na área e ainda oferece bolsas de estudo para adolescentes. Hoje, como fruto de seu trabalho, marcas como Tommy Hilfiger já têm uma linha de roupas para pessoas com deficiência. Assim, com todas essas ações, a fundação ajuda a empoderar crianças e jovens que têm alguma restrição física ou motora.

 

 
No vídeo a seguir, dá para ver o impacto do trabalho de Mindy na vida de várias famílias. É muito emocionante, principalmente porque você vê que um gesto muito simples pode encher essas crianças, jovens e adultos de autoestima, independência e a sensação de que o mundo também é feito para eles, que eles podem se sentir bonitos e confortáveis sendo como são. É uma ação incrível, que mostra o real poder da inclusão. Inspirador, não?

 

 

Solidariedade: Menina de 17 anos junta dinheiro para ajudar refugiados na Grécia

sexta-feira, 23 de junho de 2017

 

Às vezes vemos tantas notícias tristes que é difícil não desanimar, mas, por outro lado, sempre tem gente incrível espalhando boas ações pelo mundo. A paulista Gabriela Shapazian é uma dessas pessoas. Ela tem só 17 anos, mas encara a vida com muita maturidade, dedicando o seu tempo a ajudar refugiados.

 

gabriela3

Gabriela já foi duas vezes para a Grécia ajudar refugiados que chegam àquele país de lugares como a Síria e o Afeganistão. Nas viagens anteriores, ela fazia de tudo por lá: desde receber barcos que estavam chegando até preparar comida para os desabrigados e separar roupas para doação.

 

gabriela2

 

Para conseguir pagar seus trajetos, Gabriela e sua mãe criaram o projeto Flores para os refugiados, em que vendem flores para arrecadar dinheiro. Agora, sua mãe está fazendo uma campanha de financiamento coletivo para bancar a próxima viagem da filha ao país.

 

gabi5

 

As ações da Gabi são tão nobres e incríveis que, em 2016, ela foi citada em um relatório da Commonwealth britânica que falava de iniciativas da juventude pelo mundo. No documento, foi chamada de “jovem realizadora de mudanças”. Em 2018, a menina planeja ingressar na faculdade de Psicologia, para que possa ampliar ainda mais suas boas ações.

 

gabi6

 

Gabriela dá um baita orgulho para nós, brasileiros, e também é uma grande inspiração na missão de apoiar pessoas em situações difíceis. Afinal, mesmo que o dia a dia seja corrido, sempre é possível reservar um tempinho para ajudar o próximo e fazer o bem, não é mesmo? Basta ter força de vontade e muito amor no coração.

 

A solidariedade é ainda mais necessária nos meses de frio

quarta-feira, 14 de junho de 2017

 

As temperaturas estão despencando em algumas regiões do país e, enquanto muitos aproveitam o inverno bem aconchegados em casacos e cobertores quentinhos, outros sofrem sem abrigo ou agasalhos.

 

 

Por isso achei tão impactante e necessária a campanha do Exército da Salvação, que chama a atenção para o problema com uma frase simples e poderosa: “Agasalhos também salvam vidas”.

 

Para tornar a mensagem ainda mais chamativa, os anúncios são acompanhados por objetos comumente associados à proteção, como boias e extintores de incêndio, que surgem feitos de lã e mais tecidos típicos do frio.

 

 

Tocante, não é? O mais importante é lembrar que a solidariedade e o amor ao próximo são essenciais para que esses agasalhos encontrem quem mais precisa. Então, se puder, doe roupas  e cobertores em bom estado – seja para o Exército da Salvação ou para outra instituição da sua confiança. Cada gesto de amor é um passo para o mundo melhor e mais justo que tanto queremos.

 

Vídeo inspirador mostra como a união pode ser a chave para a superação de problemas

sábado, 10 de junho de 2017

 

 

Um vídeo norueguês de apenas um minuto tornou-se um dos assuntos mais comentados e compartilhados da última semana. O motivo? Essa singela gravação tem o poder de aquecer corações, colocar um sorriso em nossos rostos e nos fazer acreditar em um mundo mais justo e esperançoso.

 

Na história, durante um intervalo nas aulas, um garotinho olha para sua lancheira totalmente vazia. Com fome, triste e um pouco envergonhado, ele pede licença e sai da sala. Ao voltar, no entanto, tem uma enorme e maravilhosa surpresa. Assista:

 

 

São 60 segundos capazes de melhorar qualquer dia, não é? Não à toa esse inspirador curta recebeu o nome de “Løsninger er ofte nærmere enn du tror” (“As soluções frequentemente estão mais perto do que você imagina”, em tradução livre para o português). Ele foi criado para tratar da necessidade de mais casas de acolhimento para crianças na Noruega, mas vai além e se torna universal ao mostrar que com união e pequenas atitudes podemos mudar vidas e, em maior escala, o mundo.

 

Esse delicado vídeo vai te emocionar! Assista

quinta-feira, 1 de junho de 2017

 

 

Entre a descoberta da gravidez e o momento em que você tem seu bebê nos braços, são muitos meses de preparação, sorrisos, afagos na barriga, longas e deliciosas conversas com aquele serzinho que está se formando e muitos, muitos sonhos para o futuro. Nem sempre, no entanto, a vida segue o roteiro que a gente imagina, não é?

 

É o que mostra o delicado curta “Playa y Montaña” (Praia e Montanha, em tradução livre para o Português). Nele, a espera pelo novo membro da família é comparada ao planejamento de uma desejada viagem à praia. Com esse local em mente, o casal pega a estrada, mas ao fim do caminho é surpreendido e direcionado à montanha. À primeira vista, esse novo destino parece assustador, mas ele também pode oferecer muitas belezas e alegrias.

 

Quer entender melhor? Assista e emocione-se:

 

 

“Se você passa a vida se queixando porque nunca foi à praia, pode ser que nunca tenha a liberdade de desfrutar tudo de especial que tem na montanha”, frisa o comovente vídeo. Incrível essa lição, não é? Afinal, o otimismo é um impulso importante para a superação dos obstáculos que a vida pode impor.

 

Criado pela Fundación Mehuer, instituição espanhola especializada em doenças raras, o vídeo com essa história foi divulgado pela primeira vez no ano passado. Agora, ele volta a chamar a atenção – e com toda razão, não é? A mensagem que passa é tocante, necessária e atemporal. Adorei!