Daqui Dali

Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

Arquivo da Categoria ‘Música’

Tem que assistir! Elza Soares lança clipe para música “Mulher do Fim do Mundo”

domingo, 5 de março de 2017

 

Elza Soares lançou o lindo clipe da música “Mulher do Fim do Mundo” na última sexta-feira (3), mas eu quis trazê-lo ao blog no domingo, que é um dia especial, sem pressa, como merece a obra dessa incrível cantora.

 

O vídeo – o primeiro em formato cinema da carreira de Elza – foi dirigido por Paula Gaitán (vencedora do prêmio Candango de Melhor Filme com “Exilados do Vulcão” em 2013) e mistura cenas fortes e poéticas da cantora com a de atrizes que parecem nos convidar a seguir o que diz a canção e cantar até o fim do mundo.

 

Quer mais um motivo para apertar o play? A faixa escolhida para ganhar o clipe também dá nome ao festejadíssimo disco que a cantora lançou em 2015 e recebeu o Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira, entrou na lista dos dez melhores do ano do “The New York Times”, além de ter sido elogiado por outros veículos internacionais, como o “The Guardian”.  Assista!

 

Incrível! A Osesp faz o primeiro concerto em realidade virtual do Brasil

quinta-feira, 2 de março de 2017

 

Quando o assunto são os avanços no campo digital, as discussões são muitas: eles nos alienam ou nos libertam? Nos deixam presos a uma bolha ou expandem nossos horizontes? É quase impossível defender um único lado ou encontrar uma resposta definitiva para esses questionamentos, mas é igualmente difícil não se encantar com iniciativas como a que eu te mostro hoje.

 

No último dia 24, a Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo) fez, em parceria com a empresa Panograma, a primeira transmissão em realidade virtual de um concerto no Brasil! Sim, em tempo real foi possível apreciar de uma maneira totalmente nova a “Sinfonia nº 2” de Villa-Lobos, sob a regência de Isaac Karabtchevsky.

 

E o resultado dessa experiência está no YouTube para você assistir já! Usando o recurso 360º (com o cursor ou o touch do seu computador ou celular), é possível conferir cada ângulo da apresentação, ter a perspectiva do maestro, da plateia, dos músicos… Para quem dispõe dos óculos headset (feitos especialmente para conteúdos em realidade virtual), a sensação é ainda mais incrível e emocionante: estar no palco da Sala São Paulo! Olha só:

 

 

Uma pausa na agitação do Carnaval

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

 

Apesar de ser tradicionalmente sinônimo de agito, o feriado de Carnaval também é uma ótima oportunidade para dar um respiro no cotidiano, não é? E foi em um desses momentos de pausa que prestei atenção em um vídeo pelo qual venho passando na web há vários dias: um clipe da música “We are the Champions” em que é ouvida apenas a voz de Freddie Mercury.

 

O vídeo que tem mais de um ano e já conta mais de 17 milhões de visualizações, voltou a fazer sucesso recentemente. E não é para menos! Nele é possível ouvir e se impressionar com todo o poderio vocal do icônico vocalista do Queen, morto há 25 anos.

 

“Nós editamos quatro filmes de shows incluindo uma rara sessão de gravação de ‘We Are The Champions’ e sincronizamos todos eles com os vocais isolados”, diz a descrição do vídeo criado pelo canal “Playback.fm”.

 

 

Gostou? Pesquisando um pouco é possível encontrar mais vídeos com vozes isoladas de Freddie Mercury, David Bowie e até Lady Gaga. Divertido, curioso e ótimo para admirar o talento desses cantores.

 

União feminina, empoderamento e o inspirador discurso de Beyoncé no Grammy

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

 

This breathtaking performance by @beyonce is just the beginning of the epic #GRAMMYs performances happening tonight. Keep watching on @cbstv!

A photo posted by Recording Academy / GRAMMYs (@recordingacademy) on

 

O Grammy não só é uma importantíssima festa da música, como também funciona como uma grande plataforma para que os artistas possam dividir com o público suas convicções e opiniões sobre os assuntos de relevância mundial.

 

E na edição realizada na noite desse domingo (12), o que seu viu foi um show de união feminina – principalmente por conta da grande vencedora da premiação, Adele, que fez questão de ovacionar Beyoncé ao receber o principal troféu da noite (Disco do Ano) –, de posicionamento políticoKaty Perry mostrou seu descontentamento com o governo de Donald Trump ao usar uma faixa com a palavra “resist” ao redor do braço e cantar o single “Chained to the Rhythm” em meio a cercas –, além de uma celebração da mulher e da maternidade – trazidas ao palco pela já citada Beyoncé.

 

Veja um pouco da performance:

 

 

Não foi apenas celebrando a música, no entanto, que esse ícone do pop deixou sua marca no Grammy. Ela fez um discurso empoderador, não apenas para garotas negras ao redor do mundo que carecem de representatividade, mas para todos. São palavras tão necessárias que tinha que reproduzir por aqui. Assista ao vídeo (em inglês) e, abaixo, coloco a tradução.

 

 

“Obrigada aos votantes do Grammy por essa honra incrível, e obrigada a todos que trabalharam duro para capturar de um jeito tão lindo a profundidade da cultura sulista. Agradeço a Deus por minha família, meu marido maravilhoso, minha filha linda, meus fãs por me darem tanta alegria e apoio.

 

Todos nós vivemos dores e perdas, e frequentemente nos tornamos inaudíveis. Minha intenção para o filme e para o disco era criar um trabalho que desse uma voz para nossas dores, nossas dificuldades, nossa escuridão e nossa história, para enfrentar problemas que nos deixam desconfortáveis.

 

É importante para mim mostrar imagens para meus filhos que reflitam a beleza deles, para que eles possam crescer em um mundo em que, quando se olharem no espelho – primeiro por meio de suas famílias, assim como no noticiário, no Super Bowl, nas Olimpíadas, na Casa Branca – e vejam eles mesmos. E não tenham dúvida de que são lindos, inteligentes e capazes.

 

Quero isso para cada criança de todas as raças, e eu acho vital que aprendamos com o passado e reconheçamos nossa tendência de repetir nossos erros. Obrigada, novamente, por premiarem “Lemonade”. Tenham uma linda noite. Obrigada por esta noite. Isso é incrível”

 

 

Para uma quarta-feira musical: conheça o Brooklyn Duo

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

 

Sua quarta-feira está precisando de um pouco de música? Então te sugiro conhecer o Brooklyn Duo, projeto formado por Marnie e Patrick Laird.

 

Os dois, que são casados e tem formação em música clássica, decidiram a experimentar com o piano e o violoncelo em covers de hits do pop e do rock. Em menos de três anos de trabalho, eles colecionam 326 mil inscritos em seu canal no YouTube e 42 milhões de visualizações de seus clipes!

 

Quer saber o motivo de tamanho sucesso na web? Assista ao último vídeo do casal, uma versão deliciosa de “Take on me” (música do A-Ha lançada em 1984) tocada em parceria com os participantes do programa Ensemble Connect:

 

 

Gostou do resultado? No canal é possível ouvir versões de outros sucessos inesperados. Selecionei três:

 

Creep – Radiohead

 

 

Calvin Harris ft. Rihanna – This is What You Came For

 

 

Ed Sheeran – Photograph

 

 

Lindo, não? Para ver mais vídeos e acompanhar o canal é só clicar aqui.