Daqui Dali

Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

Arquivo da Categoria ‘Crianças’

Garotinho de 8 anos cria projeto para levar comida e amor às pessoas em situação de rua

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

 

Quando o mundo parece estar duro demais, de repente a ação de uma criança indica que sim, ainda é possível conseguir uma sociedade mais solidária e preocupada com o real bem-estar do outro. Bateu a curiosidade?

 

 

Adrian Young, um australiano de apenas 8 anos, ficou de coração partido ao encontrar um homem em situação de rua na sua cidade, Toowoomba. O garotinho deu algum dinheiro a ele, mas sentiu que deveria fazer mais. Conversando com sua mãe, ele descobriu que muitas outras pessoas também não tem casas e ficou extremamente entristecido.

 

Depois de conhecer essa realidade, Adrian não conseguiu parar de pensar no senhor que vivia nas ruas e, usando seu próprio dinheiro, montou para ele uma mochila com roupas quentes, itens de higiene pessoal e comida.

 

 

Esse reencontro fez com que o garotinho quisesse fazer ainda mais e, com a ajuda de sua mãe, montou 50 kits para entregar para outras pessoas em situação de rua. Sua atitude logo se espalhou e, por isso, a família decidiu criar uma página de financiamento coletivo para que Adrian continue distribuindo suas tão especiais sacolas em que, além de itens de necessidade, há um bilhete muito carinhoso. “Eu me importo com você. Com amor”.

 

 

Lindo, não é? Mais forte ainda é a frase que fecha a página de vaquinha virtual. “Sou Adrian Young e estou em uma missão para fazer a diferença”. Inspirador demais!

 

Amizade entre garotinha e poodle encanta a internet

sábado, 12 de agosto de 2017

 

Precisando colocar um sorriso no rosto nessa manhã de sábado? A receita certa é conhecer a amizade de Mame, uma japonesinha de pouco mais de um ano, e Riku, um poodle gigante. Os dois, juntos com os também poodles Gaku e Qoo parecem fazer tudo juntos e estar sempre em um clima de diversão e carinho.

 

http://instagram.com/p/BWpCIAygBXw/

 

Com a ajuda da vovó, que documenta tudo e publica na web, a dupla brinca, usa disfarces, aprende coisas novas e até descansa unida. Em algumas das imagens a garotinha e seu companheiro peludo aparecem com itens combinando!

 

 

É encantador ver como essa garotinha tão pequena se sente tão confortável e protegida ao lado do bichinho, que é muito maior do que ela. Além disso, Mame parece aproveitar esse amigão para exercitar muito da sua imaginação e explorar esse mundo tão novo para ela!

 

. #babychu さんのお洋服着て一緒にお散歩(*^_^*). おちりふりふりで可愛いね。. お腹がぽこりんなのはナイショ(笑). . ―――――――――――――. フリルサロペット☆デニムインディゴ 1歳1ヶ月★80cm×9.5kg. @babychu2014. トップス:70-80サイズ (#mimipoupons ). ―――――――――――――. #べびちゅモデル. #babychuモデル. #standardpoodle #poodlesofinstagram #スタンダードプードル #whitepoodle #いぬすたぐらむ #大型犬と子供 #poodle #大型犬との暮らし #dogstagram #いぬのいる生活 #わんこなしでは生きていけません会 #犬バカ部 #1歳 #赤ちゃんと犬 #コドモノ #ママリ #ベビフル #キズナ #いこーよ #どんぐり帽 #モデル #お散歩 #サロペット #可愛い

A post shared by たまねぎ (@tamanegi.qoo.riku) on

 

Com tamanha ternura, eles começaram a fazer um grande sucesso na internet e, além de aparecerem em diversas matérias ao redor do mundo, também colecionam quase 150 mil seguidores no Instagram. Eu adorei, e você?

 

 

Vídeo fofo: com muito carinho, garoto de 4 anos tenta tranquilizar a irmã bebê em momento “assustador”

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

 

Sempre fico emocionada e enternecida ao ver como as crianças são amorosas e preocupadas, principalmente quando sentem que devem proteger um irmão. Foi por isso que fiquei tão encantada com um vídeo que está fazendo sucesso na imprensa internacional e nas redes sociais.

 

Na gravação caseira, Declan, de 4 anos, tenta tranquilizar a irmãzinha Raleigh, de apenas 1, durante um momento muito assustador para a pequena: estar dentro do automóvel da mamãe enquanto ele passa por dentro de um lava-jato!

 

 

Sim, pode parecer um momento comum para um adulto, mas a garotinha fica aterrorizada ao ver os escovões se aproximando do carro e começa a chorar. É aí que o irmãozão entra em cena com frases explicativas e encorajadoras: “Vamos para casa rapidinho”, fala o garoto enquanto segura a mão da pequena. “Não vamos morrer”, acrescenta ele.

 

Ainda tentando confortar Raleigh, Declan mostra que os ocupantes do carro da frente estão sãos e salvos. “Eles ainda estão dentro do carro. Viu? Não é tão assustador”, explica o menino, que consegue momentaneamente acalmar a irmã. Quando o choro começa novamente, ele adiciona que aquele é o caminho mais rápido para casa. “Nós vamos ficar bem, é um lava-jato. É só para lavar”, tenta novamente. A garotinha parece sorridente com a explicação, esboça um sorriso e aponta para fora. “Sim, é bem legal”, conversa o mais velho, que espanta todo o medo da bebê.

 

Assista abaixo (em inglês):

 

 

A mãe da dupla, a americana Alyssa, foi a responsável pela gravação e conta que precisava muito lavar o carro, mas nem imaginava que a minha mais nova teria uma reação negativa. Ela, no entanto, quase não precisou intervir, uma vez que Declan tomou a frente da situação. “Ele é muito doce quando se trata de sua irmã”, falou ao “Daily Mail”. “Ele é muito sensível e confia em sua habilidade de fazê-la rir quando Raleigh está triste. E ela confia completamente nele, que percebe seu humor e a protege”. Muito fofo, não é? Adoro!

 

Pura fofura! Garotinho se candidata à cargo na NASA e recebe resposta encorajando seu sonho

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

 

Nada melhor para começar uma semana recarregando as energias e a esperança do que uma história sobre como tratar os sonhos das crianças para que elas não percam a pureza e a inocência. Quer encher o coração de ternura e se inspirar?

 

Tudo começou quando a NASA divulgou a abertura de uma vaga de trabalho como Planetary Protection Officer (Oficial de Proteção Planetária, em tradução livre). Dentre os muitos candidatos à vaga, uma chamou muito a atenção: o pequeno Jack Davis, de 9 anos, decidiu escrever uma carta se oferecendo e falando sobre suas qualificações para ser um “Guardião da Galáxia”.

 

Veja a fofura:

 

 

“Meu nome é Jack Davis e eu gostaria de me candidatar para a vaga de Planetary Protection Officer. Posso ter apenas 9 anos, mas acredito que me encaixaria bem no trabalho. Um dos motivos é que a minha irmã sempre diz que sou um alienígena e, além disso, já vi quase todos os filmes de espaço e de aliens que eu posso ver”, diz o garotinho em um trecho da carta, que assina como estudante da quarta-série e guardião da galáxia.

 

Um amigo da família ficou fascinado pela cartinha de Jack, a publicou na web e o material viralizou. Foi assim que Dr. James L. Green, diretor de divisão de ciência planetária da NASA, tomou conhecimento desse candidato especial e decidiu enviar uma resposta para ele.

 

 

“Fiquei sabendo que você é um guardião da galáxia e está interessado no emprego na posição de Planetary Protection Officer. Isso é ótimo”, escreveu o profissional, que utilizou todo um parágrafo para explicar ao garotinho as principais funções de quem conseguir o emprego, mas não deixa de encorajar o sonho de Jack. “Estamos sempre procurando cientistas e engenheiros com um futuro brilhante, então espero que você estude bastante e vá bem na escola. Esperamos vê-lo algum dia desses aqui na NASA”.

 

Uma linda, delicada e carinhosa maneira de motivar as crianças, de mostrar que elas devem continuar sonhando, e de frisar que devem se esforçar para alcançar seus objetivos. Eu adorei!

 

Lindo! Mãe transforma refeições em obras divertidas e aumenta a conexão com a filha

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

 

 

Que tal aproveitar o fim de semana para curtir muito a família e, de quebra, incentivar os pequenos a comerem aqueles alimentos para os quais eles torcem o nariz? Pois é, quem tem criança em casa sabe que nem sempre elas aceitam essa ou aquela comida saudável – principalmente por implicarem com sua aparência.

 

http://instagram.com/p/BWgSgKZFa4I/

 

Foi o que aconteceu na casa de Kim Anh Chang, uma mãe californiana que já não sabia mais o que fazer para garantir que sua filha Sam, de 2 anos, comesse. Ela, então, se rendeu a uma prática cada vez mais difundida nas redes sociais e passou a transformar cada prato em uma fofa e deliciosa obra de arte.

 

http://instagram.com/p/BU-pIYnFPkc/

 

Sua grande sacada, no entanto, é usar exatamente os mesmos ingredientes das refeições do restante da família no cardápio da pequena. “Meu objetivo é criar pratos artísticos que ajudem a minha comedora seletiva a compartilhar as mesmas refeições que os demais na casa. Eu quero que ela cresça acostumada a comer o que todo mundo está comendo”, explicou ao “Huffington Post”.

 

 

As criações de Kim vão de barcos e árvores a personagens de contos de fadas e desenhos animados. E, desde o início dessa experiência, em abril, a mãe garante que Sam passou a comer mais e melhor. Além disso, as duas estão ainda mais conectadas já que a garotinha, agora com quase 3 anos, quer ajudar na produção dos pratos. “Isso dá para ela um senso de realização. E eu noto que ela quer comer cada vez mais e fica ansiosa pelo tempo que passamos juntas na cozinha”.

 

http://instagram.com/p/BTxh7qXlSNb/

Uma maneira inspiradora de unir a alimentação saudável com um tempo de qualidade e cheio de criatividade com os filhos, não é? Claro que não é necessário ter tamanha inclinação artística para deixar a comida mais divertida. Se você quiser algumas dicas, no entanto, Kim mostra suas criações no Instagram @plateartforkids e dá alguns tutoriais (em inglês) no YouTube.