Daqui Dali

Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

Arquivo da Categoria ‘Cotidiano’

Sueli Rutkowski lança “Novas Dicas Incríveis” e tem um recado pra você

quinta-feira, 23 de junho de 2016

 

 

Você acompanha (e usa) as dicas que Sueli Rutkowski ensina na TV e no DaquiDali para deixar o seu cotidiano ainda mais prático e vai estar em São Paulo na tarde dessa quinta-feira (23)? Então essa expert dos assuntos do lar tem um recado muito especial para você, olha só:

 

 

Muito legal, não é? Hoje, às 16h, na Livraria Saraiva do Shopping Anália Franco, na capital paulista, Sueli lança “Novas Dicas Incríveis: Truques e Segredos para Administrar a Casa com Eficiência”, seu segundo livro pelo selo Master Pop, da minha Editora Master Books.

 

O título, que é uma continuação do sucesso “Dicas Incríveis: truques e segredos para facilitar seu dia a dia”, conta como você pode deixar a organização e a administração da sua casa muito mais fáceis e rápidas usando pequenos macetes para cada ambiente. Quer mais? Sueli te conta até mesmo como otimizar as compras no supermercado. Adoro!

 

Vamos acabar com o desperdício de alimentos?

terça-feira, 21 de junho de 2016

 

 

Você já parou para pensar quantos alimentos são desperdiçados sem que a gente perceba? Em todo o globo, um terço do que é produzido acaba na lata de lixo. Por aqui, de acordo com a ONG Banco de Alimentos, 26,3 milhões de toneladas não são aproveitadas: a maior (45%) são frutas, legumes e verduras.

 

Para alertar um pouco sobre essa grande perda em um mundo escasso de energia, alimentos e outros recursos, a campanha norte-americana “Save the Food” (salve a comida, em tradução livre), criou um curioso vídeo mostrando a trajetória que um morango faz da colheita até a lixeira.

 

Assista:

 

 

Como a gravação – que já foi vista mais de 1 milhão de vezes – lembra, “desperdiçar alimentos desperdiça tudo: água, trabalho, combustível, dinheiro e amor”. Importante refletir sobre isso, não é?

 

Por mais respeito todos os dias

terça-feira, 8 de março de 2016

 

Hoje é Dia Internacional da Mulher, um dia que felizmente vem perdendo o caráter festivo para ganhar seu merecido lugar de data de conscientização. Sim, já avançamos muito, mas o caminho é longo: pesquisas mostram que mulheres recebem salários menores mesmo desempenhando as mesmas funções que os homens, têm menos oportunidades do que eles e ainda sofrem com uma violência extrema.

 

O Brasil está no vergonhoso quinto lugar em violência contra a mulher. São cinco mil assassinatos por ano, 13 por dia. E, apesar desses números alarmantes, o problema parece longe do fim. Como contei no ano passado, o estudo “Mapa da Violência – Homicídio de Mulheres” mostra que o número de vítimas de feminicídios no Brasil cresceu 21% em dez anos.

 

Falta de segurança, poucas oportunidades, preconceito… Os problemas são muitos, mas a solução é uma só. Igualdade, não apenas de direitos, mas de fato.

 

Como já falei, não acho que um único dia seja necessário para lembrar a nossa importância. Precisamos ser respeitadas todos os dias. Então, como li em diversas postagens, acredito sim que é hora de trocar qualquer homenagem temporária por um respeito duradouro e verdadeiro.

 

Em vídeo, youtubers homenageiam grandes mulheres do último século

sexta-feira, 4 de março de 2016

 

 

Estamos em contagem regressiva para o Dia Internacional da Mulher, uma data importante para a conscientização pela luta em prol dos direitos iguais – ainda muito distante da realidade em diversos quesitos, sejam eles sociais ou profissionais. E, por conta dessa celebração, o YouTube divulgou um vídeo inspirador intitulado “100 Years of Incredible Woman” (ou 100 anos de mulheres incríveis, em tradução livre).

 

Na obra de pouco menos de três minutos, personalidades femininas do último século, como Yoko Ono, Frida Kahlo e Pagu, são homenageadas através de Youtubers de várias nacionalidades, como a brasileira Jout Jout e a britânica Em Ford (eu falei dela aqui). Muito mais do que pela caracterização, esses ícones de uma época são lembrados por suas citações de coragem, força e empoderamento.

 

Vale assistir:

 

 

Ao fim, o vídeo pergunta: “Como você vai encontrar a sua voz? Quem te inspira?”. É para pensar, não é?

 

Grafiteira coloca cores nos muros do Afeganistão e mostra a força da mulher em suas obras

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

 

Em um momento em que a força feminina ganha destaque e a luta pela igualdade se faz cada vez mais necessária, conhecer o trabalho de alguém como Shamsia Hassani é ainda mais inspirador.

 

 

A garota de 27 anos ficou conhecida como uma das primeiras artista de rua do Afeganistão: em sua obra, que mistura o poético, o esperançoso e o militante, ela coloca figuras femininas de burca ou com o hijab (também conhecido como o véu islâmico) em posições de força e protagonismo.

 

 

De acordo com entrevistas recentes, uma de suas principais motivações é cobrir o país com sua nova versão. “Quero cobrir todas as más recordações da guerra das mentes das pessoas com cores”, disse ela ao Street Art Bio. Mais do que isso, no entanto, a artista deseja mostrar a mulher em uma nova posição nessa sociedade. “Quero mostrar que as mulheres voltaram à sociedade afegã de uma nova forma, mais forte. Não é a mulher que fica em casa. É uma nova mulher. Uma mulher que está cheia de energia, que quer começar de novo”, falou ao Jornal Radar Art.

 

 

Apesar de colorir os muros da cidade com obras tão lindas e de dar aulas de graffiti na Universidade de Cabul, Shamsia ainda precisa enfrentar o preconceito, já a maioria dos afegãos ainda acreditam que lugar de mulher é em casa. Nenhum obstáculo, no entanto, consegue parar seu trabalho: por conta disso, muitas vezes produz em estúdio o que gostaria de fazer na paisagem urbana.

 

Quer se inspirar ainda mais? A artista mantém uma conta no Instagram.