Daqui Dali

Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

Arquivo da Categoria ‘Cotidiano’

Por mais respeito todos os dias

terça-feira, 8 de março de 2016

 

Hoje é Dia Internacional da Mulher, um dia que felizmente vem perdendo o caráter festivo para ganhar seu merecido lugar de data de conscientização. Sim, já avançamos muito, mas o caminho é longo: pesquisas mostram que mulheres recebem salários menores mesmo desempenhando as mesmas funções que os homens, têm menos oportunidades do que eles e ainda sofrem com uma violência extrema.

 

O Brasil está no vergonhoso quinto lugar em violência contra a mulher. São cinco mil assassinatos por ano, 13 por dia. E, apesar desses números alarmantes, o problema parece longe do fim. Como contei no ano passado, o estudo “Mapa da Violência – Homicídio de Mulheres” mostra que o número de vítimas de feminicídios no Brasil cresceu 21% em dez anos.

 

Falta de segurança, poucas oportunidades, preconceito… Os problemas são muitos, mas a solução é uma só. Igualdade, não apenas de direitos, mas de fato.

 

Como já falei, não acho que um único dia seja necessário para lembrar a nossa importância. Precisamos ser respeitadas todos os dias. Então, como li em diversas postagens, acredito sim que é hora de trocar qualquer homenagem temporária por um respeito duradouro e verdadeiro.

 

Em vídeo, youtubers homenageiam grandes mulheres do último século

sexta-feira, 4 de março de 2016

 

 

Estamos em contagem regressiva para o Dia Internacional da Mulher, uma data importante para a conscientização pela luta em prol dos direitos iguais – ainda muito distante da realidade em diversos quesitos, sejam eles sociais ou profissionais. E, por conta dessa celebração, o YouTube divulgou um vídeo inspirador intitulado “100 Years of Incredible Woman” (ou 100 anos de mulheres incríveis, em tradução livre).

 

Na obra de pouco menos de três minutos, personalidades femininas do último século, como Yoko Ono, Frida Kahlo e Pagu, são homenageadas através de Youtubers de várias nacionalidades, como a brasileira Jout Jout e a britânica Em Ford (eu falei dela aqui). Muito mais do que pela caracterização, esses ícones de uma época são lembrados por suas citações de coragem, força e empoderamento.

 

Vale assistir:

 

 

Ao fim, o vídeo pergunta: “Como você vai encontrar a sua voz? Quem te inspira?”. É para pensar, não é?

 

Grafiteira coloca cores nos muros do Afeganistão e mostra a força da mulher em suas obras

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

 

Em um momento em que a força feminina ganha destaque e a luta pela igualdade se faz cada vez mais necessária, conhecer o trabalho de alguém como Shamsia Hassani é ainda mais inspirador.

 

 

A garota de 27 anos ficou conhecida como uma das primeiras artista de rua do Afeganistão: em sua obra, que mistura o poético, o esperançoso e o militante, ela coloca figuras femininas de burca ou com o hijab (também conhecido como o véu islâmico) em posições de força e protagonismo.

 

 

De acordo com entrevistas recentes, uma de suas principais motivações é cobrir o país com sua nova versão. “Quero cobrir todas as más recordações da guerra das mentes das pessoas com cores”, disse ela ao Street Art Bio. Mais do que isso, no entanto, a artista deseja mostrar a mulher em uma nova posição nessa sociedade. “Quero mostrar que as mulheres voltaram à sociedade afegã de uma nova forma, mais forte. Não é a mulher que fica em casa. É uma nova mulher. Uma mulher que está cheia de energia, que quer começar de novo”, falou ao Jornal Radar Art.

 

 

Apesar de colorir os muros da cidade com obras tão lindas e de dar aulas de graffiti na Universidade de Cabul, Shamsia ainda precisa enfrentar o preconceito, já a maioria dos afegãos ainda acreditam que lugar de mulher é em casa. Nenhum obstáculo, no entanto, consegue parar seu trabalho: por conta disso, muitas vezes produz em estúdio o que gostaria de fazer na paisagem urbana.

 

Quer se inspirar ainda mais? A artista mantém uma conta no Instagram.

 

Designers criam simpáticos cartões que só ficam completos com manchas de café

sábado, 20 de fevereiro de 2016

 

 

Sábado é um dia que pede leveza, não é? Ainda mais quando ela vem de uma ideia ao mesmo tempo criativa e bem-humorada: transformar manchas deixadas por xícaras de café em complementos indispensáveis para lindos cartões.

 

 

Quem já se esqueceu de colocar o pires sob o recipiente sabe bem o estrago que uma das bebidas mais amadas mundialmente pode causar. Dois designers de Cingapura, Jenn Perng e Ink Julep, no entanto, viram nessa sujeirinha pouco querida a oportunidade de criar lindas ilustrações.

 

Chamados de PostCups, os simpáticos cartõezinhos trazem uma roda-gigante, um urso panda, um garotinho com um balão, uma bicicleta e muito mais. Mas, para enxergar o desenho em sua totalidade, é preciso carimbá-lo com a base redondinha da xícara.

 

 

Perfeito para quem adora mandar mensagens carinhosas tomando aquele cafezinho, né? Além disso, por mais superficial que pareça o assunto, sempre acho incrível quando as pessoas conseguem usar como fonte de inspiração algo que seria um problema ou passaria despercebido pela maioria.

 

 

Hoje é Valentine’s Day! Ilustradora conta como as pessoas celebram o amor ao redor do mundo

domingo, 14 de fevereiro de 2016

 

Aqui, no Brasil, comemoramos o Dia dos Namorados em 12 de junho, mas você sabia que hoje é dia de celebrar o amor em diversos locais do globo? 14 de fevereiro marca o Valentine’s Day (dia de São Valentim, em tradução do inglês) e, como estamos acostumados a ver nos filmes, é nessa data que casais mundo afora trocam cartões, presentes e fazem surpresas românticas.

 

Para explicar um pouco mais sobre as tradições que rodeiam a festa dos enamorados em diversos países, a artista Marie Muravski criou uma série de ilustrações muito interessante, quer ver?

 

 

Bulgária

 

Em 14 de fevereiro os búlgaros celebram o dia de São Trifon Zarezan, também conhecido como Winemakers Day (dia dos produtores de vinho). Casais, portanto, tendem a comemorar seu amor com uma taça ou duas de algum dos deliciosos vinhos nacionais.

 

 

Coreia do Sul

 

Os sul-coreanos românticos comemoram o amor mensalmente no dia 14, e não apenas em fevereiro! Esses dias incluem o Dia da Rosa (maio), o Dia do Beijo (junho), o Dia do Abraço (dezembro) e Dia Negro (abril), quando os solteiros se reúnem para se consolar com o Jajangmyeon – macarrão negro.

 

 

França

 

Entre 12 e 14 de fevereiro, a apropriadamente chamada Vila do Amor se transforma no epicentro do romance. Espere casas adornadas com rosas, árvores cobertas com bilhetes de amor, muitos pedidos de casamento e a oportunidade de plantar sua própria árvore do amor.

 

 

Filipinas

 

O Dia de São Valentim é uma ocasião popular para casamentos em massa onde centenas, às vezes milhares, firmam o compromisso. Esses enormes eventos muitas vezes são patrocinados pelo governo, como uma forma de serviço público.

 

 

África do Sul

 

Baseado no antigo festival romano da Lupercalia, jovens mulheres fixam os nomes de seus interesses românticos nas mangas para que todos vejam. Às vezes a abordagem sutil de um cartão anônimo não faz o trabalho completo.

 

Muito interessante, não é? Se essas tradições aumentaram a sua curiosidade, clique aqui e veja a série completa de ilustrações, em inglês. E, seja qual for a data de comemoração, que nossos corações continuem sempre cheios de amor.