Daqui Dali

Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

slug; ?>

Relógios da Violência divulgam os alarmantes números de agressões contra mulheres

 

Prepare-se para números tristes e muito alarmantes: a cada dois segundos uma mulher é vítima de violência física ou verbal. A cada sete segundos uma mulher é perseguida ou amedrontada. A cada 23 segundos uma mulher sofre espancamento ou tentativa de estrangulamento. A cada dois minutos uma mulher é vítima de arma de fogo.

 

Sempre reforço no blog que uma sociedade mais justa, livre do machismo, da violência contra a mulher e da cultura do estupro, começa com informação, com o fim das dúvidas e a troca de ideias, como tentamos fazer com a campanha #ElianaPorTodasElas.

 

 

E, nessa segunda-feira (7), o Instituto Maria da Penha lançou, para comemorar os 11 anos da promulgação Lei Maria da Penha, uma importante ferramenta para colocar a violência contra a mulher sob os holofotes: o site “Relógios da Violência” (Leia mais no DaquiDali), que faz uma desoladora e necessária contagem de quantas pessoas do sexo feminino sofrem qualquer tipo de agressão por dia.

 

“As informações e os números apresentados nos relógios da violência têm como referência a pesquisa Datafolha, encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança pública, realizada entre os dias 11 e 17 de fevereiro de 2017 em 130 municípios, incluindo capitais e cidades do interior, em todas as regiões do país, e divulgada em 8 de março de 2017”, explica a página.

 

 

Alertar para os números é o primeiro passo da campanha, que também quer conscientizar a população através de debates em vídeo, textos e mais estatísticas. “As mulheres que são vítimas da violência doméstica e familiar estão submetidas a um ciclo que se repete, podendo ser identificadas 3 fases principais da agressão: aumento da tensão; ato de violência; arrependimento e comportamento carinhoso”.

 

Você está vivendo nesse ciclo? Lembre-se que a culpa nunca é da vítima e que a denúncia é um instrumento poderoso para acabar com essa violência. Como diz o site “Relógios da Violência”, #TáNaHoraDeParar!

 

Tags: , , ,