Daqui Dali

Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

slug; ?>

Poder da solidariedade: banhistas formam corrente humana para salvar pessoas de afogamento

 

 

Em meio a um noticiário predominantemente desalentador, é um respiro de esperança saber que a bondade ainda se faz presente e pode unir completos estranhos. E foi esse o sentimento que me dominou ao ver a imagem que abre o post de hoje: 80 pessoas se juntaram em uma corrente humana para salvar 9 outras que estavam se afogando em uma praia nos Estados Unidos.

 

De acordo com a BBC, esse momento de solidariedade aconteceu no último sábado (8), em Panama City Beach, na Florida, e preveniu uma verdadeira tragédia. Tudo começou quando Roberta Ursrey, que tinha acabado de sair do mar, viu que seus filhos estavam muito afastados dentro da água. Logo, os dois começaram a chorar e, apesar dos conselhos de outros banhistas, essa mãe e outras pessoas da família nadaram até a área e tentaram salvar as crianças. Mesmo com todo o esforço, eles também ficaram presos na correnteza.

 

 

Jessica Simmons, outra banhista que estava por lá com o marido, Derek, e mais familiares, decidiu ajudar. “Sabia que tinha que fazer algo. Derek, Kate (sua sobrinha) e outras pessoas começaram a formar uma corrente humana”, escreveu ela em sua página do Facebook. “Pessoas que nem se conheciam deram as mãos em fila, dentro da água, para tentar alcançá-los”, disse no mesmo post.

 

Com essa preciosa ajuda, Jessica e o marido conseguiram nadar até Roberta, sua mãe (que infelizmente sofreu um ataque cardíaco e segue hospitalizada) e os demais banhistas em perigo e trazê-los em segurança até a areia. “Estou tão agradecida. Essas pessoas são anjos de Deus que estavam no lugar certo na hora certa. Eu devo minha vida e a vida de minha família a eles. Sem eles, não estaríamos aqui”, falou ao jornal “Panama City News Herald

 

“É tão legal ver como temos nossas próprias vidas e estamos constantemente em um ritmo acelerado, mas quando alguém precisa de ajuda, todo mundo deixa isso de lado e ajuda”, contou Jessica à mesma publicação. “Isso foi realmente inspirador. Com tanta coisa acontecendo no mundo, ainda temos humanidade“, acrescentou.