Daqui Dali

Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

slug; ?>

Animação sobre violência doméstica mostra como a vítima pode se sentir sozinha e invisível

 

 

A luta pelo fim da violência doméstica é mais do que necessária e, por isso, se faz tão presente por aqui e no Programa Eliana. É importante informar às vítimas sobre seus direitos, impulsionar as denúncias e, principalmente mostrar que elas não estão sozinhas.

 

 

E um novo curta animado, produzido pela organização britânica Refuge, usa a sutileza para colocar ainda mais luz sobre esse tema. Na animação embalada pela canção “Grow” (da cantora Frances), a personagem vai se sentindo cada vez mais invisível por conta das agressões sofridas. “O filme retrata uma mulher em sua rotina diária, mas que devido aos abusos que vem sofrendo, torna-se isolada e sozinha”, fala o texto que acompanha o clipe. Assista:

 

 

Percebeu? Bastou encontrar apoio para que ela retomasse suas cores e voltasse a sorrir para a vida. “O objetivo do vídeo é mostrar às mulheres que sofrem violência doméstica que elas não estão sozinhas”, explica o mesmo texto. O comunicado conta ainda que as imagens foram baseadas no relato de Melanie Clarke, uma mulher que sofreu abusos e passou a ser atendida pela Refuge.

 

Você se reconhece na tristeza da personagem? Lembre-se que a culpa nunca é da vítima e que a denúncia é um instrumento poderoso para acabar com a violência doméstica.

 

Tags: , , ,