Daqui Dali

Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

01 set 15 09:59
Eliana

Sejam bem-vindos!

Tudo o que interessa ou ainda vai interessar.
Novidades, notícias, gostos, grandes assuntos, pequenos detalhes.
Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

bjobjo,

Eliana

31 ago 15 10:46 Sinal de alerta: calculadora mostra o seu impacto sobre o planeta

 

 

É quase impossível não se alarmar ao ver a situação do planeta estampada nos jornais, não é? Para dar ainda mais frio na barriga pelo que está por vir, no meio de agosto, a Global Footprint Network (GNF) revelou que a população mundial esgotou os recursos naturais disponíveis previstos para um ano! A organização frisou, ainda, que em 2050 serão necessários cerca de três Terra para manter a humanidade.

 

A primeira reação de muitos ao ver uma notícia tão grave quanto essa é culpar os governantes e as grandes corporações. Mas será que só eles têm papel nisso? Para provar que não é bem assim e que todas as ações contam, o Programa Água Brasil, em parceria com o WWF-Brasil e a GFN, desenvolveram a calculadora da Pegada Ecológica brasileira.

 

 

Ela usa dados de consumo pessoal separados por categorias (alimentação, bens, serviços e outros hábitos) para avaliar o impacto individual sobre o planeta. Ao fim, a calculadora exibe um gráfico em que compara a média da pegada global com a brasileira e a pessoal.

 

Além disso, é possível ver dicas de consumo consciente para ter uma vida mais leve e menos prejudicial à Terra. Clique aqui, calcule sua pegada e mude hábitos do seu cotidiano.

 

30 ago 15 10:04 Projeto curioso mostra a evolução das revistas ao longo das décadas

 

As revistas informam e ditam tendências, mas também são influenciadas pelo tempo e pelos anseios de seu público. Por conta dessa relação, é possível ter uma boa amostra de como o mundo mudou apenas analisando suas capas, como mostra a série “Evolution of Magazine Covers” (Evolução das capas de revistas, em tradução para o português).

 

Criado pela videomaker Karen X. Cheng e pelo consultor de design Jerry Gabra, o projeto usa várias décadas de títulos mundialmente famosos para fazer um curioso panorama de informações e imagens relevantes ao longo dos anos.

 

Quer ver? Separei as capas de publicações mais conhecidas por aqui:

 

 

A ilustração com uma mulher em trajes mais conservadores e as poucas chamadas de capa de 1930 da “Cosmopolitan” contrastam com a imagem sexy e forte de cantora Nicki Minaj e as muitas notícias de destaque de 2015.

 

 

Para a dupla, a “Vogue”, famosa por conta de sua relação com a moda, soube se modernizar sem perder suas origens. É interessante ver, contudo, que personalidades da mídia ganharam mais espaço com o passar das décadas.

 

 

Eles defendem ainda a boa evolução da “Vanity Fair” ao comparar a capa ilustrada com duas mulheres usando maiôs comportados, de 1915, com a que traz a transexual Caitlyn Jenner, lançada esse ano e com grande furor.

 

Para fechar, Karen e Jerry destacam que, ao analisar as publicações é possível perceber que os leitores estão menos atentos e as revistas mais sexualizadas. Apesar disso, eles enxergam um lado positivo. “Ficamos com a mente mais aberta. A cada passo ao longo do caminho, a sociedade tem empurrado os limites do que é considerado aceitável”, afirmam. É uma boa conclusão para um mundo que carece tanto de igualdade de direitos, não é?

 

29 ago 15 09:00 Fotógrafo combina imagens para criar um mundo de sonho

 

Pegue duas fotos aparentemente opostas, adicione muita imaginação e uma pitadinha de bom humor: essa parece ser a fórmula básica do trabalho de Stephen McMennamy, que é perfeito para colorir uma manhã de sábado, não é?

 

 

Em seu mundo, um guarda-chuvinha de drinque pode se transformar em um guarda-sol estiloso, um esquiador enfrenta uma montanha de sorvete – com direito a casquinha –, e um sisudo caminhão recebe a carga de cereais matinais de todas as cores.

 

Como McMennamy consegue resultados tão expressivos? O fotógrafo escolhe imagens com proporções bem diferentes, as une por algo em comum e arremata com um programa de edição.

 

 

Dá vontade de passear horas por suas criações. Então, se você quiser saber mais sobre a sua obra, é só clicar aqui e acessar seu perfil no Instagram.

28 ago 15 11:40 Generosidade é tudo de bom! Hoje é Dia Nacional do Voluntariado

 

 

Hoje é dia de celebrar quem doa, sem querer nada em troca, seu tempo, suas habilidades e principalmente suas boas intenções: 28 de agosto é o Dia Nacional do Voluntariado.

 

Aquece o coração e traz a esperança para mais perto da gente saber que há no mundo quem coloque a generosidade como uma das missões de sua vida, não é?

 

Além disso, esse tipo de trabalho é uma maneira de se conhecer melhor, de adquirir experiências quase impossíveis de outra maneira, lidar com pessoas de uma cultura totalmente diferente da sua e se sentir útil. Ou seja: o voluntariado é sim uma via de duas mãos e pode ser muito recompensador.

 

Então, deixo aqui meus parabéns para quem já encontrou seu caminho nessa área. Se ainda não é seu caso, fica o convite: conheça as instituições da sua comunidade, pergunte se elas precisam de ajuda e, quem sabe, veja um mundo novo se abrir.

27 ago 15 11:05 “Arte da França: de Delacroix a Cézanne” reúne grandes nomes da pintura no MASP

 

Como o fim de semana está chegando, acho que é uma boa hora para encontrar um programa cultural, não é? E São Paulo abriga, até 25 de outubro, a exposição “Arte da França: de Delacroix a Cézanne”, em cartaz no MASP.

 

É um panorama de quase 200 anos, do século 18 ao 20, feito a partir da obra de artistas franceses ou que viveram e produziram por lá nessa época: são cerca de 80 itens que retratam fragmentos culturais, políticos ou sociais do momento em que foram criados.

 

Duas obras da Renoir: A banhista e o cão Grifon – Lise à beira do Sena, de 1870; e Rosa e azul (As meninas Cahen d’Anvers), de 1881.

 

Essa é uma ótima oportunidade para ver obras de nomes consagrados, como Eugène Delacroix, Claude Monet, Pierre-Auguste Renoir e Edgar Degas, além de Paul Cézanne, Vincent Van Gogh e Pablo Picasso, entre outros, em um dos cartões postais da capital paulista.

 

É o tipo de programa que traz beleza, cultura e conhecimento à vida, né? Para saber tudo sobre a mostra e a programação do MASP, é só clicar aqui. E bom passeio!