Quer arrasar com o cabelo sereia? Descubra como ter e manter o visual de Isis Valverde

Hair stylist explica o corte e a coloração da bela, e dá truques para manter o cabelão em dia

7 de maio de 2017 - por DaquiDali
Pontas em cor queimada ajudam a dar movimento para o cabelo. Fotos: Reprodução/ Instagram isisvalverde

Nada como um lindo cabelão para turbinar a autoestima e fazer a mulher se sentir mais bonita! Que o diga a atriz Isis Valverde, que está arrasando com o visual para encarar Ritinha na novela “A Força do Querer”. Mas como ter uma cabeleira como essas na vida real? O Daqui Dali conversou com o hair stylist Sylvio Rezende para saber tudo!

+ Hairstylist ensina truque caseiro para ter o cabelo de Kim Kardashian

 + Queda de cabelo: saiba por que aumenta no outono e veja cortes que disfarçam

+ Valorize a textura natural dos seus cabelos: aprenda a secá-los corretamente

Foto: Reprodução/ @isisvalverde

Foto: Reprodução/ @isisvalverde

ESTILO ÚNICO

Há algumas temporadas o estilo sereia, que inspira o cabelo, o jeito leve e o figurino da personagem, fazem sucesso. Apesar da finalização desencanada, no entanto, para encantar com esse tipo de corte é preciso investir nos cuidados: “É um cabelo para a mulher que deixa sempre arrumado e escovado. Não adianta ter esse cabelo e deixar só em rabo de cavalo, ele é para ser visto“, diz Rezende.

Também é preciso considerar se esse visual combina com você: “Em mulheres baixas, pode gerar uma sensação de achatamento, não dá tanta altura. Também combina com rostos geométricos, triangulares, quadrados e ovais“. Mulheres mais altas e longilíneas são o tipo perfeito para esse corte, ele completa.

Atriz em cena da novela Divulgação/TV Globo

Atriz em cena da novela Divulgação/TV Globo

CORTE E COLORAÇÃO

De acordo com o hair stylist, para ter fios de sereia, é preciso cortá-los em degradê de 90 graus. Assim, as pontas ganham um repicado em camadas: “Um cabelo como esse jamais deve ficar reto, porque dá um tom de envelhecimento e cansaço no corte. A ponta repicada também dá movimento”. Para garantir a saúde do visual, o ideal é cortar a cada quatro meses para aparar as pontas. Também é possível adotar uma franja, segundo o especialista, na altura do queixo.

Já no quesito coloração, uma boa pedida, seguindo a inspiração da personagem da novela, é fazer as pontas queimadas e uma espécie de ombrê. Sylvio sugere “iluminar em um tom abaixo da cor natural. Dessa forma, em um cabelo castanho, você pode pintar de chocolate ou dourado. Já quem tem fios loiros escuros pode pintar de mel. Isso dá um aspecto de cabelo natural, com luz e brilho. Monocromático fica muito pesado“.

Cabelo ondulado cheio de movimento de Ritinha Divulgação/TV Globo

Cabelo ondulado cheio de movimento de Ritinha Divulgação/TV Globo

MANUTENÇÃO

Tratar esse tipo de cabelo é fundamental. Como os fios são muito longos, o suor do couro cabeludo, que naturalmente hidrata, não chega ao comprimento e às pontas. Sylvio aconselha: “É preciso hidratar semanalmente. Se tiver experiência para fazer em casa, melhor. Senão, deve fazer no salão”. E atenção: os produtos em casa, como xampu e condicionador, devem ter pH ácido para balancear. Já para deixar as madeixas sempre brilhantes e bonitas, utilize diariamente o leave-in e um creme de tratamento térmico.

Para ajeitar, você pode enrolar os fios semiúmidos com os dedos e prender até a metade dos fios com grampo. Quando secar, amasse e seque com difusor. “Esse truque deixa o cabelo com ondas lindas e não agride“, explica Sylvio.

DE OLHO NO COMPRIMENTO

Se o seu cabelo é mais curto, é preciso paciência para que ele chegue na altura do de Ísis. Para quem quer fazer um alongamento, o hair stylist aconselha usar o tipo tic-tac, que não prejudica os fios e pode ser retirado quando quiser.

Tags: , , ,