ValuaVitaly/iStock
Beleza Unhas

Para riscar já: cinco motivos pelos quais a sua esmaltação dura pouco

A esmaltação não dura quase nada? Muitas vezes o problema está escondido na maneira como você prepara ou pinta as unhas. Descubra os erros que podem estar prejudicando a beleza e a durabilidade do seu esmalte e risque agora mesmo da rotina.

+ Cinco motivos pelos quais você não tem as unhas que gostaria

+ Cansada do gatinho? Três tipos de delineado que são tendência nas redes sociais

+ Haistylist ensina a fazer a máscara caseira que dá brilho aos fios de Kourtney Kardashian

As unhas não estão bem limpas

Unhas devem estar limpas e sem oleosidade. Foto: NadyaPhoto/iStock
Unhas devem estar limpas e sem oleosidade. Foto: NadyaPhoto/iStock

Assim como o resto de sua pele, as unhas podem apresentar oleosidade, e ela interfere muito na fixação. “A limpeza das unhas faz diferença, porque se tiver óleo o esmalte não adere direito. Lave as mãos e depois de amolecer as cutículas passe um pouco de acetona em um algodão e aplique apenas no contorno para tirar resíduos de creme”, explica a manicure Conceição Pimentel, da Esmalteria Nacional.

A temperatura está inadequada

A temperatura das mãos também influencia muito no resultado final da sua esmaltação, e ela geralmente é a culpada por aquelas bolinhas nada agradáveis. “Se a pele estiver quente vão se formar bolhas de ar que levantam as camadas de esmalte por dentro. Por isso deixe as mãos mergulhadas em um pote de água fria antes de começar a esmaltar, especialmente agora no verão”, indica.

Suas camadas estão muito grossas

Evite camadas muito grossas, que tendem a sair mais rápido. Foto: yavdat/iStock
Evite camadas muito grossas, que tendem a sair mais rápido. Foto: yavdat/iStock

Camadas muito grossas tendem a sair mais rápido das unhas, isso porque se tornam muito maleáveis e sujeitas a danos externos. “Elas precisam ser finas para que você consiga uma boa durabilidade. Para um bom acabamento, use o pincel sempre deitado e passe de maneira leve e contínua, quase sem encostar as cerdas na unha”, ensina.

Você não está selando as pontas

O esmalte deve ir até o final das suas unhas, envolvendo bem a pontinha para que ela não levante com facilidade. Se preferir, pode até passar com o pincel de lado, como se fosse fazer a francesinha. “O excesso sempre deve ser evitado, mas a ponta tem que ser bem selada com uma camada fina”, conta.

Existe sobra de produto embaixo das unhas

Sabe aquele restinho de esmalte que fica embaixo da unha? Ele é um dos responsáveis pelas pontas descascarem mais rápido, e deve ser eliminado: “Nas duas camadas de esmalte você deve passar o polegar na ponta para remover o acumulo”.

Enquetes

enquete

Que delícia junina te faz esquecer a dieta?

Carregando ... Carregando ...