Goldmund/iStock
Beleza Cabelos

Glowing bronze: iluminado em tons vermelhos e acobreados é tendência

Quer embarcar no iluminado, mas sem partir para o loiro? Ou então apostar nos vermelhos ou acobreados da estação sem precisar comprometer a raiz (e virar refém dos retoques)? Pois saiba que existe uma nova tendência para abraçar essas duas situações – e o resultado é lindo: o glowing bronze.

+ TENDÊNCIA! CINCO BARRAS DIFERENCIADAS PARA ATUALIZAR A SUA CALÇA JEANS

+ DESCUBRA AS TRÊS FASES DO ENVELHECIMENTO E ACERTE NOS CUIDADOS COM A PELE

+ DESBOTAMENTO DOS CABELOS, NÃO! DESCUBRA OS MAIORES VILÕES DA COLORAÇÃO NO INVERNO

Reprodução/Instagram @hairsouffle; @hairby_maryam; @styles_by_lyndsey

O hit nada mais é do que uma variação da morena iluminada, usando tons de vermelho no lugar dos loiros e dourados para um resultado quente e cheio de brilho. “É muito mais tendência do que pintar completamente, e é uma boa escolha para iluminar sem precisar dos tons muito claros. Fica moderno e com um acabamento que é realmente bem interessante”, explica a hairstylist Iolanda Proença.

A técnica

Reprodução/Instagram @jadegibsonhairstylist; @wickycabofrio; @lesleylou1017

A ideia da técnica é preservar a base escura e natural dos cabelos castanhos e combinar diferentes tonalidades de vermelho para criar profundidade e movimento. “Nós podemos adaptar esse cobre ou vermelho de acordo com o que funciona melhor para a sua pele, sempre mantendo a base escura, como o castanho ou um vermelho bem fechado. Para quem está com o cabelo natural não é preciso descolorir, nós podemos trabalhar com matização que vai prejudicar menos o cabelo por ser uma química bem mais leve”, esclarece. As mechas podem ser espalhadas da maneira como você preferir – finas ou largas, só nas pontas ou quase na raiz.

Manutenção

Reprodução/Instagram @donnyserveshair; @hairstoriesbylien; @elena_vladyuk

Mesmo que você siga a tendência de preservar a raiz, é preciso ter em mente que o cobre e seus derivados são cores fantasia, ou seja, desbotam mais rápido que as demais. “Você tem um desbotamento, então vai ser necessário reavivar a cada dois meses, mais ou menos. O que fazemos nesse retorno é uma matização, um produto que é bem mais suave do que a tinta comum, e uma hidratação para que você volte a ter uma cor bonita e brilhante”, conta.

Em casa, os cuidados são os mesmos que os de uma coloração global: “Precisamos usar xampu emoliente, com pH baixo, e fazer hidratações semanais para preservar essa cor, porque o ressecamento deixa o fio poroso e com mais facilidade de perder pigmento. Os leave-ins com proteção térmica e solar também são aconselhados todos os dias, porque fecham mais a cutícula do cabelo e protegem essa coloração, principalmente quando for usar secador e chapinha, porque o calor desbota”.

Advertisement

Enquetes

enquete

Qual tendência você acha mais difícil de usar?

Carregando ... Carregando ...