Splashlights iluminam os cabelos sem necessidade de manutenção
Cabelos

Splashlights iluminam os cabelos sem necessidade de manutenção. Conheça

Você já ouviu falar em splashlights? Essa técnica simples e sem necessidade de manutenção consiste em fazer uma pequena faixa de luz nos cabelos, como se eles fossem iluminados pelo sol que invade a sua janela. Sucesso lá fora, começa a ganhar espaço também entre as brasileiras e é uma alternativa menos agressiva ao já famoso ombré.

“Essa coloração vai de orelha a orelha, imitando o sol batendo nos fios. Internacionalmente, já é uma tendência há um ano, mas está começando a ganhar força por aqui e acredito que vá pegar. Mulheres mais arrojadas vão preferir um contraste entre a cor natural e as luzes, enquanto as mais discretas vão optar por um ou dois tons mais claros”, fala o tricologista e visagista Arillson Christino.

O procedimento

Independe da variação de tonalidade, a técnica é muito fácil de ser aplicada, e o especialista garante que pode ser realizada em todos os tipos de fios. “Todas podem passar por esse procedimento, desde que o grau de clareamento seja compatível com a saúde de cada um. Você separa a quantidade que deseja e aplica o produto apenas no local, embrulhando na altura certa”, completa.


Kim Kardashian aposta nas splashlights sutis, com pouca variação de tonalidade. Reprodução/Instagram

A espessura das luzes vai variar de acordo com o tamanho das madeixas, podendo ser mais largas em comprimentos maiores. “O ideal é que sobre pelo menos de três a quatro dedos de raiz e que dê para ficar na região da orelha. Só não vai ser possível nos cortes Joãozinho, curtíssimos”, explica.

As splashlights são especialmente interessantes para quem tem fios geométricos, com a parte frontal mais longa, já que são modernos e parecem ter esse brilho naturalmente. Os desfiados também ficam com um movimento bacana, principalmente se tiverem textura. "Os lisos ou com ondulação suave ficam ótimos, porque a luz acompanha e dá ainda mais balanço", diz. 

Manutenção mínima

Sempre teve medo de colorir (ou descolorir) por não querer virar uma escrava do salão? Então essa pode ser a solução ideal para você: “É superfácil de adotar, porque quando vai crescendo só desce e vira quase que um ombré, só retoca se quiser mesmo”.

Como é feita longe das pontas, onde geralmente existem mais complicações, também pode ser considerada menos agressiva, apesar de ser sim necessário repor nutrientes. “Quando falamos em química sempre precisa fazer reconstrução com proteínas que se perdem. É legal avaliar com o profissional o estado dos cabelos e já fazer uma reposição em seguida. Depois, a hidratação em casa é indicada, mas nada além do que seria realizado normalmente por qualquer mulher”, finaliza. 

Tags

Advertisement

Enquetes

enquete

Qual é o seu principal plano para o segundo semestre?

Carregando ... Carregando ...