Eles nunca saem de moda! Penteados e cortes que são clássicos de beleza
Cabelos

Eles nunca saem de moda! Conheça penteados e cortes que são clássicos de beleza

Não é apenas na moda que existem peças que nunca deixam de ser tendência. Quando se trata de cabelos também existem cortes e penteados que são considerados clássicos e que sempre são apostas certeiras para quem deseja um visual sofisticado e sem data. O DaquiDali conversou com um especialista que conta quais são os seis maiores ícones de todos os tempos.

+ Luzes em casa: saiba fazer quatro tipos de mechas no conforto do seu lar

As ondas de Rita Hayworth


A atriz Rita Hayworth popularizou as ondas grandes que são sinônimo de beleza até hoje. Fotos: Divulgação

Na década de 1940, a atriz Rita Hayworth usou um cabelo com ondas fartas e tom acobreado que se tornou um ícone de sensualidade. Até hoje, o visual com ondas na lateral domina os tapetes vermelhos e elas viraram verdadeiros sonhos de consumo. “Essa ondulação é um objeto de desejo da mulher e é ótima para mostrar bem as cores do cabelo. O movimento cria muita luz e sombra, é sexy e bem alinhado”, explica o hairstylist Fábio Arnhold, consultor da Keune.

A melhor maneira de alcançar esse efeito é recorrer para a modelagem a frio que, apesar de mais demorada, é mais duradoura. “Pode ser feito com bobes largos, ou com babyliss largo, soltando após passar. Você deve enrolar da raiz para as pontas para conseguir o efeito”, ensina.

A franja e o pixie de Audrey Hepburn e Twiggy


A franja desfiada de Audrey Hepburn continua como uma forte tendência. Fotos: Divulgação

franja desfiada continua sendo tendência e ela se tornou um ícone com o penteado da atriz Audrey Hepburn, de “Bonequinha de Luxo”, na década de 60. “A franja desfiada combina com mais pessoas por não ser tão marcante, trazendo suavidade para o rosto. Ela se funde com a face com todo o charme da franja, mas sem pesar no visual. Além de cair muito bem, ela não precisa de tanto cuidado para alinhar, basta secar e deixar livre”, conta.


A modelo Twiggy transformou o corte pixie em moda ainda nos anos 1960. Fotos: Divulgação

O corte pixie apareceu novamente nas últimas temporadas, mas se engana quem pensa que ele é uma novidade. A modelo britânica Twiggy já inspirava mulheres a adotar o estilo feminino e delicado desde os anos 60. Atualmente, famosas como Emma Watson e Anne Hathaway apostam no visual.

O penteado volumoso de Brigitte Bardot


O penteado com volume de Brigitte Bardot continua em alta e é sofisticado. Fotos: Divulgação

A atriz francesa Brigitte Bardot exibia cabelos cheios na raiz nos anos 60 e popularizou o penteado com o topo volumoso e preso e o resto das madeixas soltas e desfiadas, uma opção cheia de estilo e ainda muito usada pelas celebridades. “Esse tipo de penteado tem muita força e é para mulheres com personalidade, confiantes. É preciso segurar o estilo para que ele não roube totalmente a atenção”, revela. Para fazer, desfie o topo do cabelo com o pente, leve para traz e prenda com grampos, deixando o restante dos fios soltos.

O loiro atemporal de Marilyn Monroe


O loiro de Marilyn Monroe é sensual e nunca perde o lugar entre as tendências. Foto: Divulgação

Mais de 50 anos após sua morte, Marilyn Monroe continua sendo um símbolo de beleza e sensualidade, e muito disso se deve ao seu cabelo loiro. “A cor é global e essa tonalidade vai e volta o tempo todo. O jeito de usar não é exatamente um clássico, mas a cor sim. Ela vai sempre se manter, o que muda é a forma como será aplicado. É um tom equilibrado, neutro, sem aquele aspecto acinzentado”, fala.

O imortal chanel


As atrizes Anne Hathaway, Gwyneth Paltrow e Milla Jovovich com releituras do chanel. Fotos: Carlos Alvarez/Getty Images Entertainment; Dan Kitwood/Getty Images Entertainment; Pascal Le Segretain/Getty Images Entertainment

Não importa se é inverno ou verão, uma atualização do chanel sempre vai surgir. O corte vem da estilista Coco Chanel que adotou os fios na altura do queixo e virou moda entre as mulheres na década de 1920. “Pela concepção do corte e a consolidação através do tempo ele é sim um corte imortal, você só faz releituras, repagina. Ele valoriza muito os traços da mulher por ter uma estrutura mais limpa, evidenciando muito o rosto. Por ter uma forma estática, ele acentua demais defeitinhos no rosto, então você pode ter que recorrer a alguma de suas variações para combinar com seu formato”, finaliza. 

Advertisement

Enquetes

enquete

Qual tendência você acha mais difícil de usar?

Carregando ... Carregando ...