Relacionamentos de pessoas mais atraentes duram menos, diz estudo

Em geral, elas acham que tem tantas opções que fazem pouco esforço para preservar as relações atuais

18 de março de 2017 - por DaquiDali
Foto: Voyagerix/istock

Pessoas atraentes têm relacionamentos mais curtos. É o que descobriram três pesquisadores do Departamento de Psicologia de Harvard, nos Estados Unidos. Eles chegaram a essa conclusão depois de cruzarem quatro pesquisas diferentes e publicaram os resultados no periódico Personal Relationships.

+ Seis passos para um relacionamento mais feliz (e quente) em 2017
+ Fique atenta! Reconheça as situações machistas que te prejudicam no relacionamento
+ Quer melhorar o relacionamento em 2017? Invista em uma dica diferente por mês, até o fim do ano

Foto: Voyagerix/istock

Os bonitos não se esforçavam para salvar a relação e achavamm que sempre tinham uma opção melhor fora do relacionamento. Foto: Voyagerix/istock

Conheça as pesquisas

O primeiro estudo analisou 238 pessoas comuns e o segundo, 130 celebridades, e ambos chegaram ao mesmo resultado: os tidos como mais atraentes tinham maiores chances de se divorciar ou já tinham até se separado e os relacionamentos não foram duradouros. Das 134 pessoas observadas no terceiro estudo, as mais atraentes, mesmo comprometidas, tendiam a procurar outros parceiros também atraentes e já planejavam um novo relacionamento. No último, entre os 154 voluntários, os mais atraentes se interessavam por aqueles que não se achavam tão atraentes.

De acordo com Christine Makellams, chefe do estudo, tanta inconsistência em términos e trocas de parceiros, se dá pelo fato de pessoas atraentes não fazerem tanto esforço quanto as demais para cultivarem relações saudáveis. Com o ego enaltecido por sua beleza, elas tinham a sensação de quem sempre poderia ter alguém melhor e mais opções fora do relacionamento atual. Pelo jeito, a beleza tem um preço, e parece alto!

Tags: , , ,