IuriiSokolov/iStock
Amor & Sexo Comportamento

Quatro joguinhos que os casais fazem, mas que prejudicam a relação

Você já provocou ciúmes para ganhar atenção ou ficou calada para mostrar que não gostou de algo? Pois saiba que esses e outros joguinhos comuns entre os casais podem ser inimigos da relação e até causar o efeito contrário. Descubra os quatro mais frequentes e que precisam ser abandonados para uma vida a dois mais feliz e saudável.

+ RODRIGO CINTRA FALA SOBRE OS CABELOS MAIS PEDIDOS DAS NOVELAS

+ GUIA DA SOMBRA: OS EFEITOS DE CADA TEXTURA PARA ARRASAR NO MAKE

+ ESTILOSA! CINCO MANEIRAS SIMPLES DE ELEVAR OS SEUS LOOKS NESTE INVERNO

Provocar ciúmes

JackF/iStock

Se você já gerou ciúmes para tentar despertar a atenção do amado, atenção: “Isso atrapalha e está ligado à questão da autoestima e insegurança da pessoa que faz. Parece que ela precisa provar para si a todo tempo que é importante e é necessária. Mas essa é uma atenção que não é positiva e que às vezes nem vem, porque o outro pode ficar chateado e acabar até se afastando”, explica a sexóloga Priscilla Junqueira, mestre em Ciência pela USP.

Não expressar suas vontades

Ficar esperando que o parceiro leia suas vontades e te agrade por intuição própria é outro costume que deve ser cortado, afinal, dificilmente dá certo. “Isso gera uma expectativa que é prejudicial, porque você fica achando que o outro tem que perceber o que você quer e isso não acontece. Geralmente não é uma questão de não estar prestando atenção em você, e sim de não estar claro o desejo. É importante ser o mais explícita possível em seus desejos para que essa frustração não venha”, conta. Ou seja: espera aquele encontro bem romântico no aniversário? Melhor avisá-lo.

Estar incomodada e ficar calada

Zinkevych/IStock

Quem nunca fez aquela manha de virar o rosto e ficar calada quando algo desagrada? Seja na esperança de que o gato perceba o quanto você está irritada ou de evitar uma briga, esse gesto só vai atrapalhar ainda mais. “Esse é outro jogo que pode atrapalhar demais a relação, porque você vai engolindo e o conflito fica tão grande que, quando resolve falar, não tem mais tempo de reverter a situação – que geralmente poderia ser resolvida com um simples diálogo. Isso pode gerar uma briga e até acarretar no fim da relação. É péssimo, irrita o outro, você mesma e ainda revela uma imaturidade emocional. Dialogar é a base para resolver os problemas em qualquer relação”, indica.

Tentar criticar o outro para ver se ele melhora

Você alguma vez já criticou uma atitude do par na frente dos amigos e familiares, ou ficou provocando com relação a determinado comportamento na esperança de que ele mude? Então é melhor ficar atenta: “Esse é um jogo que acontece bastante: o outro critica e aponta o defeito na tentativa de fazer o outro mudar. Mas ele pode se sentir humilhado e julgado, e se afastar ainda mais de você. É preciso ter clareza, expor o que está pensando e o que acha daquele comportamento, para que seja conversado apenas entre vocês o que é possível alterar”.

Advertisement

Enquetes

enquete

Qual assunto você mais gosta de ver na newsletter do DaquiDali?

Carregando ... Carregando ...