vadimguzhva/iStock
Adulto Amor & Sexo Amor & Sexo

Aliado do prazer! Seis curiosidades que você precisa conhecer sobre o clitóris

Quando o assunto é prazer feminino, o clitóris é a grande estrela: cheio de terminações nervosas – e muito maior do que as pessoas imaginam – ele é a parte mais sensível do corpo da mulher e o maior responsável pelos orgasmos. Você sabia, por exemplo, que ele é o único órgão do corpo humano que não tem nenhuma outra função além do sexo? Para conhecer melhor o seu corpo, o DaquiDali revela seis curiosidades sobre ele que vale a pena conhecer.

+ GUIA DO RECÉM-NASCIDO: TODAS AS DICAS PARA A PRIMEIRA SEMANA COM O SEU BEBÊ

+ PARA AS LOIRAS! CINCO HÁBITOS QUE ESTÃO DEIXANDO OS SEUS CABELOS AMARELADOS

+ ESPECIAL NOIVAS: DESCUBRA OS MODELOS DE VESTIDO IDEAIS DE ACORDO COM O SEU SIGNO

Ele é grande!

Parte interna do clitóris tem entre nove e 10 cm. Foto: josefkubes/iStock

Engana-se quem pensa que o clitóris é aquele pequeno “botão” localizado dentro dos pequenos lábios. “Não é apenas essa pontinha, que é chamada de glande. Ele tem toda uma parte interna e pode chegar entre nove e 10 centímetros, pegando quase toda a região vaginal. Além isso, tem entre seis e oito mil terminações nervosas – para se ter uma ideia, o pênis tem cerca de metade disso”, explica a fisioterapeuta sexual Débora Pádua.

É muito similar ao pênis (e tem ereção)

Você sabia que o pênis e o clitóris são na verdade muito parecidos? “Em algumas ilustrações é até difícil saber qual é qual, porque eles se assemelham muito e se dividem de maneira similar: os dois tem o ‘corpo’, a cabeça e a glande. E o clitóris, quando falamos da parte interna, também é de tecido erétil, que se enche de sangue, fica durinho e depois do orgasmo diminui – o mesmo mecanismo do órgão sexual masculino”, conta.

Sua única função é te dar prazer

Clitóris é o único órgão humano que serve exclusivamente para dar prazer. Foto: javi_indy/iStock

Apesar de parecido com o órgão sexual masculino ele se difere em um ponto bastante curioso: enquanto o pênis tem as funções de reprodução e eliminação da urina, o clitóris existe unicamente para o sexo. “Ele é o único órgão do corpo humano que tem como função única promover prazer, e essa é uma habilidade que ele não perde nunca. O clitóris não envelhece e continua capaz de proporcionar orgasmos mesmo em idade avançada”, esclarece.

Ele está relacionado aos orgasmos

Se você nunca teve um orgasmo durante a penetração pode ficar tranquila, a verdade é que a menor parte das mulheres consegue esse tipo e clímax. “É muito mais fácil chegar ao orgasmo pela estimulação clitoriana e é preciso explorar isso durante o sexo. Mesmo com vários estudos, não sabemos muito bem até onde as terminações nervosas do clitóris chegam e muitos especialistas acreditam que o canal vaginal também é abraçado por ele – ou seja, ele pode ser responsável ou mesmo influenciar o orgasmo vaginal por penetração. Faltam trabalhos, mas ele provavelmente tem uma importância muito maior do que já conseguimos comprovar”, aponta.

Ele deve ser exercitado

Clitóris também precisa ser exercitado. Foto: Photografeus/iStock

Como qualquer outra parte do seu corpo, o clitóris também se beneficia com os exercícios – mas não daqueles feitos na academia. “Quando você provoca a contração de assoalho pélvico você faz com que chegue mais sangue ao clitóris, irrigando muito mais a região. Exercitá-lo ajuda a ter mais prazer, embora não exista nada melhor do que estimula-lo diretamente com masturbação, porque ele trabalha de alguma forma e essa mulher vai aprendendo a sentir mais. No pompoarismo você tem estímulo clitoriano e é interessante praticar”, revela.

Cada mulher, um tipo de toque

Apesar de dar prazer para todas as mulheres, é preciso ter em mente que ele não vem com manual de instruções, ou seja, você precisa aprender qual a maneira mais prazerosa de estimular o seu: “Não é só tocar, é saber tocar – tanto para a mulher quanto para o parceiro. É bacana explorar toda a região da vagina, porque a maior parte dele está escondida e a pontinha é tão sensível que dependendo do toque pode até incomodar. Aconselhamos começar com toques leves para começar a sentir prazer e aí ir variando os movimentos e descobrindo o que gosta”.

Advertisement

Enquetes

enquete

Que problema da pele do rosto mais te incomoda?

Carregando ... Carregando ...